Publicidade

O fracasso na Série B agitou os bastidores políticos do Vasco. Com a goleada imposta pelo Botafogo, o Gigante da Colina jogou a toalha e já reconheceu que vai continuar na Segunda Divisão. A oposição se movimenta contra o presidente Jorge Salgado.

Os grupos políticos contrários à atual gestão aproveitam o momento para atacar o atual presidente. Parte da oposição foi além e iniciou um movimento que pretende a convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária para a tirar Salgado do poder.

Salgado Vasco Bastidores políticos continuam agitados no Vasco de Jorge Salgado (Reprodução Vasco TV)

Em nota, os grupos Fuzarca, IdentidadeVasco, Time da Virada e Vasco Imortal fizeram uma convocação.

Relacionadas

Diniz Vasco

Publicidade

“Torcedores e sócios independentes, grupos políticos, personalidades vascaínas, Beneméritos e Grandes Beneméritos, honremos a história de luta dos nossos pioneiros! É chegada a hora de resgatar o Vasco! Convocamos a todos os vascaínos que estão indignados, revoltados e envergonhados com esta salada de incompetência, desfaçatez, mentiras e fracassos protagonizada pela Diretoria Administrativa, com a anuência do Conselho Deliberativo e do Conselho Fiscal, a uma grande campanha de associação em massa e de mobilização rumo à Assembleia Geral Extraordinária para destituir aqueles que covardemente consomem o Vasco e convocar novas eleições” – diz a nota.

MAIS! Fernando Diniz sem palavras para explicar declínio do Vasco

Além de apontar Jorge Salgado como presidente ilegítimo, o grupo de oposição acusa o dirigente de se beneficiar financeiramente de sua posição.

Publicidade

“Sem disputa de protagonismos, sem vaidades menores, todos unidos em torno da mobilização da AGE para retirar de São Januário os falsos vascaínos e salvar o maior orgulho do esporte nacional.

Faça parte desta corrente: Assembleia Geral Extraordinária Já” – finaliza a nota.

Comentários