Publicidade

Dorival Júnior não faz mais parte dos planos do Vasco. O treinador era a primeira opção, mas foi descartado após comunicar que já tinha um compromisso com outro clube. O presidente Alexandre Campello comunicou isso aos jornalistas na chegada a São Januário para o clássico deste sábado contra o Flamengo. Assim o nome ade Dunga ganha força no Vasco. Mas Campello resiste à ideia por ser considerado arriscado devido ao nome polêmico do ex-treinador da Seleção Brasileira. Luiz Felipe Scolari também está no páreo.

Felipão e Dunga cotados no Vasco (Foto: CBF)

Assim que a conversa com Dorival não evoluiu o nome de Dunga ganhou força. Alguns conselheiros, principalmente os mais antigos, lembraram que o treinador já foi jogador do Vasco. Assim teria uma identificação com o clube. Além disso trata-se de um treinador com bons números pela Seleção Brasileira e disciplinador.

Leia também:

Publicidade

Técnico de ponta ou reforços? Vasco vive dilema
Eleição e mudança de gestão indicam técnico de ponta no Vasco

A maior resistência a Dunga vem do presidente do Vasco. Alexandre Campello acredita que o fato de o treinador ser polêmico pode fazer com que ele chegue com uma forte pressão em cima dele. Além disso o relacionamento do treinador com a imprensa carioca não é dos melhores.

Campello quer Felipão e não Dunga no Vasco

Dunga teve bons números na Seleção (Foto: Arquivo Fifa) Dunga teve bons números na Seleção (Foto: Arquivo Fifa)

O nome preferido de Campello é Felipão. Isso mesmo antes da recusa de Dorival. Mas neste caso o problema está no salário. Scolari é bem mais caro que Dunga e a sua comissão técnica também não é considerada barata. O Vasco vem encontrando dificuldades financeiras.

Publicidade

É certo que Alexandre Campello deseja anunciar o novo treinador até segunda-feira. Mas o feriado no Brasil pode dificultar as negociações e adiar um pouco mais o anúncio. Mas todos os dirigentes estão trabalhando contra o tempo.