Publicidade

Chegou com estilo e mostrando que conhece bem a história do Vasco. Assim foi a apresentação do atacante Morato, que conversou com os jornalistas nesta segunda-feira. O novo reforço do Vasco mostrou conhecer bem o time da Colina. Além disso não faltou orgulho ao falar do Vasco.

Morato falou com orgulho do Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Morato é o quinto reforço do Vasco para 2021. Após várias semanas de especulações, o atleta de 28 anos finalmente chegou ao Cruzmaltino e, de cara, recebeu a camisa 10 que era de Martín Benítez.

MAIS! O que esperar de Léo Jabá. Veja o vídeo

Publicidade

Em sua coletiva de apresentação, Morato mostrou estar a par da situação do clube e de todo o processo de reformulação que atinge o departamento de futebol. Para ele, entretanto, a grandeza do Vasco foi fundamental para sua decisão.

– É o Vasco, cara. É o Clube de Regatas Vasco da Gama, não tem muito o que dizer, não. Além do projeto desse cara aqui, meu amigo, que se tornou próximo. Acreditei naquilo que ele me passou. Mas é o Vasco, com certeza. Falou mais alto que muitas outras propostas que recebi nesse período – disse Morato ao lado do Diretor Executivo Alexandre Pássaro.

A maior chance da carreira

Morato recebeu a camisa 10 de Benítez (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Experiente, Morato fez carreira em times do interior e tem apenas uma passagem por um clube grande, o São Paulo, em 2017. Entretanto, disputou só duas partidas pelo Tricolor. Agora, no Gigante da Colina, terá a chance de conseguir maior projeção

Publicidade

– Não é uma decisão difícil de tomar. Quantos títulos e jogadores jogaram com essa camisa? A gente joga bola porque ama. Quem não quer jogar em uma equipe gigantesca, independente do momento que vive. Estou muito feliz e otimista com o projeto que o Pássaro me mostrou, com a estrutura do CT. É um orgulho imenso estar aqui – continuou.

Morato garante que está recuperado

Vasco apresentou Morato (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Um dos entraves à contratação de Morato pelo Vasco foi um problema físico. Mas o jogador garantiu que está recuperado e espera estrear logo.

– Era uma questão de eu fazer o tratamento em São Paulo. Não tinha lógica chegar com um problema me encontrar no DM logo na chegada. Isso foi bem esclarecido. Estou aqui, estou bem, preciso de alguns dias treinando com a galera para conhecer o elenco mais a fundo e estrear em breve – concluiu.

Publicidade

Sob o comando do técnico Marcelo Cabo, o Vasco ainda não embalou na temporada. Embora tenha se classificado para a segunda fase da Copa do Brasil, isso se deu com um empate contra a Caldense-MG. No Carioca, o Cruzmaltino é apenas o oitavo colocado na tabela de classificação após seis rodadas. Nesta terça-feira, o time terá o clássico contra o Fluminense pela frente.