Publicidade

Troque pressão por motivação. Pronto. Este é Lisca no Vasco. O técnico chegou ao clube empolgado com o desafio de colocar o time nos trilhos e pavimentar a estrada rumo à elite do Brasileiro.

Substituto do demitido Marcelo Cabo, Lisca foi apresentado pelo Vasco nesta sexta-feira. O técnico está preparado para uma chance especial na carreira.

Lisca Vasco Chegou! Lisca inicia trajetória no clube | Foto: Vitor Brügger / Vasco / Divulgação

– Com certeza é a maior oportunidade da minha carreira, não vejo como desafio. Eu nunca cheguei num time confortável, sempre foi em cima de desafios e reversão. Sempre vi como oportunidade. Temos uma oportunidade ímpar de levar o Vasco para a Série A e colher frutos. Na Série A, os jogadores terão outro valor e outra dimensão, outro valor de mercado. Subir o Vasco não pode ser uma pressão, tem de ser uma motivação. O momento é difícil, mas é nesse momento que a gente cresce. Estou vendo uma oportunidade ímpar na minha carreira, com todo respeito aos outros clubes – declarou Lisca. Ele deu detalhes da negociação com o Vasco:

Publicidade

– Na segunda à noite o Jorge Machado (empresário) me ligou e disse que o Pássaro queria um encontro terça de manhã em Porto Alegre. Achei muito interessante essa convicção de o dirigente ir lá. Quando o Pássaro me apresentou o projeto, fiquei muito motivado. Em 30 anos de carreira foi a primeira vez que um dirigente foi na minha casa me apresentar um projeto. Depois conversei com presidente Jorge por telefone. No início do ano eu tinha compromisso com América, era inviável. O que me trouxe aqui foi a história, a torcida, a equipe, os jogadores e uma vontade enorme de trabalhar nesse gigante que é o Vasco da Gama.

Relacionadas

Lisca América-MG
MT Vasco

O primeiro desafio de Lisca no Vasco

Lisca assume o Vasco na nona colocação da Série B. O clube carioca tem 19 pontos, quatro a menos do que o Goiás, quarto colocado. O técnico vai ter apenas o treino desta sexta-feira à tarde antes da estreia.

O Vasco enfrenta o Guarani, neste sábado, às 21h (de Brasília), em São Januário.

Comentários