Publicidade

O Vasco precisa de reforços. Se antes era cauteloso sobre o tema, agora, Lisca cobra o clube por “providências”. Foi o recado do técnico após a derrota para o Operário-PR, neste sábado, em Ponta Grossa, pela 20ª rodada da Série B.

– Cheguei com o trabalho em andamento, não participei de uma série de situações, mas agora eu quero participar. Preciso de algumas providências. Espero que a diretoria me escute e tome providências. Coloco isso por eu ter vergonha na cara. Estou muito decepcionado com os resultados. Não com a entrega dos jogadores, eles estão tentando, mas falta alguma coisa para ganharmos as partidas – declarou Lisca.

– Quero participar da formação de um outro plantel que vamos formar aqui no Vasco e a participação de alguns colaboradores que preciso aqui. Isso que vou colocar para a diretoria – acrescentou.

Lisca Vasco Lisca pede reforços | Foto: Miguel Schincariol / Divulgação

Publicidade

Há pouco mais de uma semana, Lisca foi cauteloso sobre o assunto reforços. Ele declarou que ainda avaliava o elenco e esperaria a virada do turno para definir o planejamento. Agora, o tom é de pressa. Afinal, a situação do Vasco não é confortável. Com a terceira derrota seguida pela Série B, o clube carioca não consegue se aproximar do G-4. O Gigante da Colina está na 11ª colocação, a cinco pontos do quarto colocado.

Relacionadas

Paulo Sérgio Operário x Vasco
Andrey Vasco

A situação econômica é ainda mais complicada, o que atrapalha a busca por reforços. O Vasco lida com uma execução de R$ 93,5 milhões de dívidas trabalhistas, algo que pode inviabilizar o clube, segundo a diretoria.

Reforços: Vasco revela que jogadores preferem ser reservas em outros clubes

Publicidade

O Vasco volta a campo no domingo. O Gigante da Colina recebe a Ponte Preta, às 16h (de Brasília), em São Januário.

Comentários