Publicidade

O mistério virou uma das armas do técnico Lisca para o Vasco reencontrar as vitórias. Após uma semana inteira de treinos, a primeira inteira do comandante, o Cruzmaltino vai ter algumas mudanças, mas não uma equipe totalmente diferente. Neste domingo, o Cruzmaltino encara a Ponte Preta pela 21ª rodada da Série B, em São Januário.

A princípio, o time terá três alterações em relação à equipe que perdeu para Londrina e Operário. A primeira mudança é decorrente da suspensão do volante Rômulo pelo terceiro amarelo. Para seu lugar, Lisca deve optar por Matías Galarza, mas Caio Lopes corre por fora e também tem chance de começar jogando.

Lisca teve a semana de treinos no Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Juninho, entretanto, é carta fora do baralho, porque a comissão técnica decidiu integrá-lo de volta ao elenco do sub-20, bem como MT.

Publicidade

MAIS! Os interinos bombeiros do futebol brasileiro

Na zaga, o capitão Leandro Castán deve retornar e forma dupla com Miranda. Ricardo Graça, portanto, ficará como opção no banco de reservas.

Gabriel Pec deve ganhar vaga

A terceira modificação será do meio para frente. O meia-atacante Gabriel Pec deve entrar no lugar de Sarrafiore, por opção tática. O objetivo de Lisca com as entradas de Galarza e Pec, dois canhotos, seria reforçar o lado esquerdo da equipe. A última vez que este trio iniciou uma partida como titular foi na vitória por 4 a 1 sobre o Guarani, na 14ª rodada.

Relacionadas

Publicidade

Os próximos dois jogos do Vasco na Série B são fundamentais para o futuro da equipe na competição. Contra Ponte e Brasil de Pelotas, o Cruzmaltino jogará em casa diante de equipes da parte debaixo da tabela.

Com 289 pontos em 20 rodadas, o Vasco aparece na 11ª colocação na tabela, distante cinco pontos do G-4.

Comentários