Publicidade

O atraso na conclusão das tratativas para a permanência de Martín Benítez está ameaçando o negócio. Insatisfeito com a indefinição, o Independiente pressiona o Vasco para resolver logo a questão.

Benítez (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Segundo informações do Canal Detetives Vascaínos, que fez contato com o clube argentino, a paciência está no fim. Além disso, por mensagem, o diretor esportivo Jorge Damiani dá um prazo ao Cruzmaltino. O clube de São Januário tem, portanto, até a semana que vem para se decidir.

– Não vai se estender o empréstimo. Se na próxima semana não houver novidades do Vasco, o Independiente começa a negociar com outros clubes que querem Martín Benítez – afirmou Damiani.

Publicidade

Ao ser informado da posição do Independiente, o agente do jogador, Adrian Castellano, apoiou.

– Concordo com o Damiani – disse o agente.

Leia também:

Publicidade

Crise política no Vasco ameaça acordo com Independiente por Benítez

Ceará goleia em São Januário e afunda o Vasco

Benítez, contudo, está feliz no Vasco e quer permanecer além do prazo do empréstimo, no fim de 2020. Mas existe interesse de outros clubes em sua contratação, e o Independiente precisa de dinheiro.

Publicidade

O Vasco, contudo, vive momento de indefinição política por causa da confusão com as eleições no clube. Então o presidente Alexandre Campello, que estava próximo do acerto com os argentinos, deu uma travada no acordo que gira em torno de 22 milhões de Reais por 60% dos direitos de Benítez.