Publicidade

O argentino Germán Cano se tornou a principal referência no elenco do Vasco desde que chegou ao clube no início de 2020. Mortal dentro da área, o camisa 14 marcou metade dos gols do time no ano passado e cunhou a expressão “Canodependência”. Mas com a chegada de Fernando Diniz ao comando da equipe, o atacante vem se tornando ainda mais completo.

Embora atualmente Cano divida a responsabilidade de comandar a equipe dentro de campo com o veterano Nenê, seu protagonismo só aumenta. O próprio Fernando Diniz admitiu a importância do argentino após a vitória sobre o Coritiba, no último sábado.

Germán Cano evolui com Diniz e mantém alto nível no Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

– Acho que o Cano nunca correu e marcou tanto como hoje. Fui questionado em uma entrevista pelo fato dele jogar fora da área. Ele fez gol e ajudou o time a ganhar. Então ele ser artilheiro não é algo que eu possa ajudar. Ele sempre foi artilheiro – afirmou Diniz.

Publicidade

– O que podia contribuir com ele era que ele participasse mais do processo coletivo, e ele participa cada vez mais. Ele é um jogador, um artilheiro que só joga melhor, e ele só se torna cada vez mais imprescindível. Tenho certeza que quem acompanha futebol vê ele com olhos ainda muito mais positivo. Esse trabalho coletivo, essa entrega está fazendo o Vasco ganhar confiança – completou.

Leia Também:

Dinamite vibra com estátua em São Januário

Vasco reencontra o Náutico após queda de Marcelo Cabo

Publicidade

Nas sete partidas sob o comando de Diniz, o Vasco fez nove gols. Cano anotou três e tem uma assistência.

Apesar da identificação do jogador com o clube e a idolatria da torcida, a permanência de Cano em São Januário é incerta. Seu contrato termina em dezembro mas até o momento a renovação não aconteceu. A expectativa, entretanto, é de que o time consiga retornar à Série A em 2022 e a diretoria possa fazer uma boa proposta. Com seu desempenho no Cruzmaltino, Cano está na mira de vários outros clubes brasileiros.

Relacionadas

Riquelme Vasco

Comentários