Publicidade

O argentino Germán Cano se tornou o maior ídolo do elenco atual do Vasco. Atual artilheiro da equipe, ele deixou o futebol de seu país há dez anos, mas não esquece da seleção argentina. Com a Copa América começando neste domingo no Brasil, Cano manifestou sua torcida por ver o conterrâneo Leonel Messi campeão.

Multicampeão pelo Barcelona e várias vezes escolhido o melhor jogador do mundo, Messi, entretanto, nunca conseguiu resultados expressivos com a seleção argentina. Seu maior triunfo foi o ouro olímpico nos Jogos de Pequim, em 2008. Em Copas do Mundo e Copas América, Messi só alcançou o vice.

Germán Cano (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O último título da Copa América dos vizinhos portenhos foi em 1993, uma espera, portanto, de 28 anos. Além disso, para Messi, que completará 34 anos este mês, esta pode ser sua última oportunidade.

Publicidade

– Todos os argentinos querem que ele ganhe a Copa América. Ele fez muito pela Seleção e o vejo muito comprometido em reverter essa situação que já o fez viver várias tristezas. Espero que desta vez possa acontecer – afirmou Cano em entrevista ao canal TyC Sports, da Argentina.

Relacionadas

Léo Jabá Vasco

O desempenho da equipe no empate em 2 a 2 diante da Colômbia pelas Eliminatórias, deixou Cano esperançoso.

– Se seguir jogando da mesma forma como jogou, a equipe vai funcionar bem. Espero que nos possa oferecer um bom futebol para todos a torcida e consolidar um grupo que possa continuar a ganhar confiança – disse.

Publicidade

A seleção Argentina está no grupo A da Copa América ao lado de Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai. A estreia será contra o Chile, na próxima segunda-feira, no Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Pelo Vasco, Cano deve estar em campo neste sábado à noite em Pelotas diante do Brasil-RS, pela terceira rodada da Série B.

Comentários