Publicidade

O Vasco viveu mais uma noite melancólica na Série B e viu, matematicamente, o pior se concretizar. O Gigante da Colina vai disputar a Segundona em 2022. A derrota por 3 a 0 para o Vitória, nesta quarta-feira, em São Januário, sacramentou o destino vascaíno.

O time de São Januário vai terminar a 35ª rodada da Série B na mesma nona colocação e com os mesmos 47 pontos. Mas o Vasco agora está a 11 de distância para o G-4 restando nove pontos em disputa.

Vasco Fernando Diniz tenta não expor o elenco do Vasco (Foto: Vasco TV)

Após o confronto, o técnico Fernando Diniz mais uma vez foi perguntado se ele achava que o elenco não foi bem montado para a disputa da Série B.

Relacionadas

Publicidade

– Eu não vou expor jogador aqui, isso é uma opinião que tem que ser tomada lá atrás. Se você fez essa crítica lá atrás dizendo que o elenco é fraco, é pertinente. Mas agora que a gente não conseguiu o acesso, é uma coisa meio óbvia. Nós não demos conta de levar o Vasco ao acesso, mas os jogadores são bons. O Zeca é campeão olímpico, Morato veio do São Paulo. Acho que o elenco foi bem montado. Hoje, a gente vê que errou, não conseguimos. Todo mundo envolvido nisso acabou errando, teve sua parcela de contribuição – afirmou o treinador à VascoTV.

Fernando Diniz assume parcela de responsabilidade no Vasco

Diniz foi o terceiro técnico a comandar o Vasco na competição. Marcelo Cabo montou a equipe com a diretoria no início da temporada, mas acabou demitido pela falta de resultados. Lisca assumiu, mas não ficou muito tempo.

MAIS! Ídolo de volta! Donizete chega para as categorias de base do Vasco

Publicidade

– Eu cheguei depois, mas tenho minha parcela de responsabilidade. Desde que cheguei aqui, a gente teve dois momentos muito favoráveis para arrancar para o acesso e não soube aproveitar. Foram momentos em que tinha que ter segurado, que o torcedor estava do nosso lado, compareceu e incentivou – lembrou Diniz, que teve um bom início.

LEIA MAIS! Vasco já começa planejamento para 2022

– Se a gente não aproveitou, o mínimo que tem que fazer é honrar a camisa do Vasco, correr o tempo todo. Tem que correr, todo mundo, para ter dignidade nos jogos – concluiu.

Publicidade

O Vasco vai apenas cumprir tabela nos três jogos que restam contra Vila Nova, Remo e Londrina.

Comentários