Publicidade

O Vasco sofreu mais uma eliminação esta semana e vai acumulando decepções em 2021. Na derrota para o São Paulo em São Januário, não faltaram polêmicas com a arbitragem e não faltaram criticas ao trabalho de Anderson Daronco. Mas para Leven Siano, principal opositor à atual administração cruzmaltina, falta representatividade ao clube para defender seus interesses.

Em live no “Canal Vaxcaíno”, o empresário que quase se tornou presidente no início de 2021 se manifestou de forma contundente. Desde que sua eleição sofreu a derrota na Justiça, Leven vem fazendo uma oposição ferrenha a Jorge Salgado.

Leven Siano aproveitou mais uma decepção em campo para criticar a diretoria do Vasco (Foto: Divulgação)

– Vejo com muita clareza que está faltando representatividade pra gente também dar uma enquadrada. Afinal, o Vasco está sendo tratado como um clube qualquer. E, dentro de São Januário, acontecer o que aconteceu ontem (quarta-feira) é realmente estarrecedor – afirmou o ex-candidato.

Publicidade

– Não obstante a gente não estar num momento bom como clube, não estar com uma gestão adequada. A gente está insistindo nos mesmos erros do passado, numa série de outras circunstâncias que agravam a situação do clube e tornam quase impossível a gente ter aquele papel de protagonista que estamos acostumados – completou.

Leia também:

Vasco transforma indignação em combustível na Série B

CT do Vasco terá o nome de Barbosa

Publicidade

Precisando reverter o placar de 2 a 0 do jogo de ida no Morumbi, o Vasco entrou confiante em campo. Mas a expulsão do atacante Léo Jabá ainda no primeiro tempo tornou as coisas ainda mais difíceis.

O Cruzmaltino, que reclamou de um pênalti não marcado, ainda teve Leandro Castán expulso no segundo tempo. Além disso, o técnico Lisca também recebeu o vermelho antes do apito final por nenhum motivo aparente.

Vergonha na Série B

A temporada do Vasco sob a gestão de Salgado vai acumulando fracassos dentro de campo. Depois de nem chegar a fase final do Carioca, o time faz campanha irregular na Série B. Asim, o grande objetivo do ano, que é o acesso à Série A, vai ficando cada vez mais distante.

Publicidade

– Se você comparar com os outros anos, estamos com menos pontos do que nas outras participações na Série B a essa altura do Campeonato. A nossa participação na Série B esse ano é vergonhosa – disparou Leven.

Em quinze jogos, o Vasco soma 22 pontos, com seis vitórias, quatro empates e cinco derrotas. O aproveitamento é, portanto, de apenas 48,9%, enquanto que a primeira equipe dentro do G-4 tem 57,8%. Em comparação com o ano passado, o aproveitamento mínimo para conquistar o acesso foi de 53,5%.

Comentários