Publicidade

O Vasco é um clube acostumado a disputar competições continentais. Tanto que conquistou títulos de expressão como a Copa Libertadores de 1998 e a Copa Mercosul de 2000. Mas por incrível que possda parecer, a falta de experiência internacional é um dos grandes desafios do Vasco para a partida de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, nesta quinta-feira, diante do Defensa Y Justicia na Argentina.

Marcos Junior em ação pelo Vasco. Mas não foram tantas vezes  (Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco)

Com muitos desfalques por Covid-19, a equipe vai ter novidades na escalação. A partida das oitavas de final do mata-mata é mais uma oportunidade de uma experiência internacional para alguns jogadores.

Leia também:

Vasco deve ter zaga titular para duelo na Argentina
Destaque no Morumbi, Lucão está confirmado na Sul-Americana

Publicidade

Entre os atletas que serão titulares e que disputam pela primeira vez uma competição internacional, estão o meia Marcos Jr. e o goleiro Lucão.

– É a minha primeira competição internacional. Mas tô sabendo aproveitar da melhor maneira possível as oportunidades dadas pelo professor e estar sempre bem para quando essa oportunidades acontecerem durante a carreira, não acredito que vai ser a primeira nem a última, então é aproveitar bem essas oportunidades nessas competições importantes e ajudar a minha equipe – disse o meia Marcos Jr à VascoTV.

Lucão será o goleiro titular na Argentina

Lucão fez recentemente sua estreia nos profissionais. Assim tem pouca experiência (Foto: Reprodução)

Com apenas 19 anos, Lucão começará jogando apenas sua terceira partida como titular da equipe profissional do Cruzmaltino. Entretanto, apesar da pouca idade, Marcos Jr. confia no companheiro.

Publicidade

– O Lucão é um garoto experiente. É um garoto velho. Assim todos confiam nele – brincou Marcos Jr.

– Ele é sempre convocado para a seleção e acho que se preparou pra esse momento. É claro que o Fernando Miguel faz falta também pela liderança e pelo grande ano que ele vem fazendo. Mas o Lucão se preparou, a oportunidade chegou e ele vai saber aproveitar. É um garoto excelente e vai fazer boas partidas para nos ajudar. Além disso tem muita vontade – disse confiante.

Sem poder contar com o técnico Ricardo Sá Pinto, o auxiliar Rui Mota e o preparador físico João Moreira, todos positivados para Covid, o Vasco será comandado pelo auxiliar Alexandre Grasseli. Assim até a comissão técnica será jovem. A partida na Argentina, está marcada para às 21h30 no horário de Brasília.