Publicidade

A polêmica eleição do Vasco ocorrida no sábado está longe de ter um final. Nesta segunda-feira, Leven Siano, candidato que ficou a frente no pleito do fim de semana concedeu entrevista e afirmou vai buscar sua legitimação na Justiça.

Para Romário, Leven é o novo presidente (Foto: Fernanda Teixeira/ Esporte News Mundo)

Leven falou ao lado do ex-jogador Romário e de Milton Maia, que será o diretor financeiro de sua gestão, caso eleito.

– Amanhã (terça) apresentarei recurso no STJ para rever a decisão, com um parecer de vários juristas. Para mim, a eleição acabou – disse.

Publicidade

Leven continuou e falou sobre os próximos passos dentro do Vasco. O candidato também revelou que pediu desculpa pela discussão com o atual presidente, Alexandre Campello, durante a eleição.

– O que falta é a homologação do resultado por parte da Assembleia Geral. Ele sendo homologado, eu sou presidente. Liguei ao Roberto Monteiro (presidente do Conselho Deliberativo) e ao Silvio Godoi (presidente do Conselho de Beneméritos) e pedi que eles façam a coisa andar dentro do clube para que seja reconhecida a nossa vitória. Quero pedir desculpas ainda ao presidente Campello por ter me exaltado no sábado (os dois discutiram). Mandei mensagem a ele hoje, mas não me respondeu. Vamos conversar e fazer a coisa andar. Depende dele – declarou.

Leven promete injeção de investimento

Caso seja confirmada sua vitória, Leven Siano revelou também que já tem cartas de crédito no valor de 800 milhões de euros (R$ 5 bilhões).

Publicidade

-Abrimos três linhas de crédito para o Vasco: uma de 200 milhões de euros, outra de 212 milhões de euros e outra de 400 milhões de euros. Eu poderia ter usado isso politicamente como campanha e preferi apresentar para o vascaíno esse projeto que dei para todos. Nós encontramos os recursos para fazer o Vasco voltar a ser o maior clube de futebol da América do Sul. Nós teremos capacidade de pagar as nossas dívidas, fazer um time forte muito melhor do que o Flamengo para o ano que vem – destacou.

A eleição no Vasco está longe de acabar. O presidente Alexandre Campello vai conceder entrevista coletiva nesta terça-feira. Além disso, de acordo com outra liminar, há uma determinação para que seja realizado um novo pleito no próximo sábado, dia 14.