Publicidade

O Vasco se complicou ainda mais na Série B. Nesta sexta-feira, o Gigante da Colina caiu diante do CSA, em São Januário. O clube carioca perdeu outra oportunidade de encostar no G-4. Agora, a diferença para o quarto colocado é de seis pontos.

A pressão é cada vez maior. O Vasco tem mais seis jogos pela frente. O técnico Fernando Diniz avisa: não há mais espaço para o Gigante da Colina vacilar nesta reta final de Série B.

Fernando Diniz Vasco Fernando Diniz vê o objetivo ficar mais complicado | Foto: Rafael Ribeiro / Vasco / Divulgação

– O principal é fazer o time voltar a jogar bem, não repetir a atuação que a gente teve aqui e ser mais intenso e a gente não oscilar. A gente não vai ter mais a chance de oscilar no campeonato. Agora nós temos seis jogos e a gente tem que buscar a vitória em todas as partidas para a gente não ficar dependendo de nada – declarou Fernando Diniz.

Relacionadas

Nenê Brusque x Vasco

Publicidade

Contra o CSA, o Vasco até saiu na frente, mas levou o empate no primeiro tempo. A situação piorou na etapa final. O clube carioca, sem Nenê, encontrou dificuldade para criar. O rival deu o bote e marcou dois gols na reta final, aprontando em São Januário.

LEIA MAIS! Vasco quer Maracanã só para grandes jogos

O Vasco foi ultrapassado pelo próprio CSA e agora está na oitava colocação da Série B, com 47 pontos. O Goiás, quarto colocado, tem 53 pontos. O Gigante da Colina tem pela frente mais um adversário direto. Na quinta-feira, o clube carioca visita o Guarani, sexto colocado, com 49 pontos, pela 33ª rodada.

Comentários