Publicidade

O Vasco reagiu sob o comando de Fernando Diniz e está na briga pelo acesso para a Série A. O Gigante da Colina superou o Goiás, nesta segunda-feira, e engatou a 2ª vitória seguida. A melhora no desempenho defensivo explica o momento vascaíno.

O técnico Fernando Diniz, entretanto, refuta a ideia de que isso se deva a uma modificação feita na linha de trás. Segundo o treinador, a diferença está no esforço dos jogadores de frente da equipe.

Diniz Vasco Vasco reage com Fernando Diniz (Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco)

– Quando as pessoas apontam tanto coisas positivas como negativas, muitas vezes apontam na direção errada. Criticando aquilo que está certo e elogiando o que está errado – disse o comandante à Vasco TV.

Relacionadas

Publicidade

– Quanto ao sistema defensivo, ele não é a linha de quatro atrás, o goleiro e talvez os dois volantes. Para mim nunca foi isso. Muitas vezes a gente toma e quem está fora não consegue apontar a origem e a causa do gol. E quando você tem um olhar mais criterioso, de acordo com as coisas que você treina, você percebe que não é isso. Então o que faz o Vasco hoje estar com o sistema defensivo em dia é a postura que tem o Nenê, o Cano e, no jogo de hoje, o Morato e o Marquinhos Gabriel – explicou.

Diniz destaca comprometimento no Vasco

A bola parada se tornou um problema para o Vasco em 2021. Para Diniz, nem todos os gols sofridos podem ser explicados.

LEIA MAIS! Riquelme se emociona com boa atuação pelo Vasco

Publicidade

– E isso é o que determinou a gente não tomar gol no dia de hoje. Mas tem outras coisas que a gente não consegue explicar. Boa parte que a gente pode explicar é a doação de todos os jogadores que compõem o sistema defensivo. E são todos aqueles que estão no campo – concluiu.

O Vasco abriu a 27ª rodada da Série B vencendo o Goiás por 2 a 0, em São Januário. O resultado fez o Cruzmaltino assumir a sétima colocação a apenas quatro pontos do G-4. Além de secar os concorrentes, o Gigante da colina se prepara para o duelo do próximo domingo diante do Confiança, em Aracaju (SE).

Comentários