Publicidade

O Vasco vem evoluindo em 2021 e mostra em campo um futebol mais ofensivo e competitivo do que no ano passado. Esse crescimento do Vasco se deve muito ao desempenho dos dois laterais titulares, Léo Matos e Zeca.

Pelo lado direito, Léo Matos está mostrando em seu segundo ano no clube um futebol de alto nível. O veterano de 35 anos chegou ao cruzmaltino em um momento conturbado no final de 2020, depois de dez anos no futebol europeu. Este ano, entretanto, com a devida preparação no início da temporada, cresceu de rendimento e virou um dos destaques da equipe de Marcelo cabo.

Léo Matos (Divulgação Vasco)

Com a camisa número 3, ele disputou 29 partidas pelo Vasco, marcou dois gols e deu sete assistências. Mas nesta temporada, está invicto com oito jogos e quatro vitórias.

Publicidade

Do outro lado, Zeca resolveu um antigo problema no elenco para a posição. O jogador, que é campeão olímpico com a Seleção Brasileira nos Jogos de 2016, vem de duas passagens frustradas por Inter e Bahia. No Vasco, contudo, a filosofia de jogo de Marcelo Cabo combina com seu estilo e ele voltou a mostrar seu potencial.

Zeca (Divulgação Vasco)

Em apenas dois meses no Cruzmaltino, o lateral esquerdo está prestes a superar o número de minutos em campo que teve no Bahia em 2020. Em 11 jogos com a camisa vascaína, Zeca, que completará 27 anos no domingo, marcou um gol e deu uma assistência.

Relacionadas

Para Léo Matos, Vasco não pode mais perder em São Januário (Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco)

Assim como acontece com Léo Matos, o Vasco não perdeu na temporada com Zeca em campo. Foram seis vitórias e cinco empates.

Publicidade

A dupla então será um dos trunfos do Gigante da Colina para o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil no segundo semestre. Mas antes disso, podem conquistar o primeiro título pelo Vasco na final da Taça Rio contra o Botafogo. A primeira partida da decisão será no próximo domingo, no Engenhão.

Comentários