Publicidade

A vitória de 2 a 0 sobre a Ponte Preta trouxe alívio ao Vasco e só. Pelo menos o técnico Lisca sabe que não há motivo para euforia. Profundo conhecedor da Segundona, o treinador sabe o perigo da Série B.

Muito se falou nos últimos dias sobre as chances do Vasco alcançar o G-4 da Série B e o tão desejado acesso. O Cruzmaltino melhorou de posição após vencer a Ponte Preta neste domingo, mas ainda aparece longe do objetivo.

Lisca lidera o Vasco em torneio complicado (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

As estimativas, entretanto, não preocupam o técnico Lisca. Para ele, o Campeonato está mais disputado que em anos anteriores, com muitas equipes em condições de classificar. Assim, o treinador acredita que a pontuação necessária para terminar no G-4 será abaixo da média.

Publicidade

MAIS! Os memes da vitória vascaína

– Acho que vai dar uma baixada na pontuação, esse ano está muito parelho. No ano passado alguns dispararam. Estamos pensando, sim, nos 64, mas talvez aconteça com 62 – afirmou Lisca se referindo à meta considerada confortável de 64 pontos.

– Mas isso é mais para a frente, é uma suposição. O que fica são as lições dentro da própria competição, o altos e baixos, embora ainda não tenhamos vivido o alto, só baixos e médios – completou.

Publicidade

O treinador tem razão de supor que uma menor pontuação será suficiente. Nos últimos nove anos, em duas ocasiões o quarto colocado conseguiu o acesso com apenas 60 pontos.

Em 2021, após 21 rodadas, são sete equipes separadas por apenas quatro pontos entre o quarto e o décimo lugar. A situação, portanto, exige foco total e muito suor da equipe vascaína.

– Agora é estado de sítio, é estado de emergência, é corda esticada o tempo todo. Mas é tudo para terminar entre os quatro – disse Lisca.

Relacionadas

Lisca Vasco
Jhon Sánchez Vasco

Publicidade

Depois de vencer a Ponte por 2 a 0, em casa, o Vasco voltará a jogar em São Januário na próxima sexta-feira. Diante do vice-lanterna Brasil de Pelotas, o Cruzmaltino tentará se aproximar do grupo de acesso.

Comentários