Publicidade

Um novo Vasco. É isso que a torcia espera ver nesta quinta-feira, quando o time visita o CRB a partir das 19h(de Brasília), pela rodada 24 da Série B do Campeonato Brasileiro nesta quinta-feira. O duelo será em Maceió e vai ter muitas novidades para os vascaínos.

Os cariocas terão uma série de estreias nesta partida. Isso porque será o primeiro jogo do técnico Fernando Diniz a frente da equipe. Além disso, o treinador terá a disposição o meia Nenê, o zagueiro Walber e o atacante Jhon Sánchez.

Fernando Diniz tem a missão de levar o Vasco a Série A (Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco)

No entanto, o comandante vascaíno não definiu se os recém-chegados vão começar a partida entre os titulares.

Publicidade

Fernando Diniz teve alguns dias para trabalhar com o elenco antes da partida. O comandante adiantou em sua apresentação que seu foco é fazer o Vasco jogar bem.

O duelo é muito importante para as pretensões do Vasco na Série B. Os cruzmaltinos estão na décima posição, com 32 pontos, oito atrás do CRB, atual quarto colocado. Uma vitória tira boa parte da distância para o G-4.

Relacionadas

CRB quer se manter no G-4

Do outro lado, o CRB tenta se recuperar da derrota na rodada passada. Os donos da casa confiam em atuar no Rei Pelé para vencer e ampliar a distância para um doa gigantes da Série B.

Publicidade

Só que o técnico Alan Aal tem um problema para a partida. O zagueiro Gum está lesionado e não enfrenta o Vasco. Frazan, seu substituto, está suspenso. Com isso, Ewerton Páscoa volta a ter uma chance.

FICHA TÉCNICA:
CRB X VASCO

Local: estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 16 de setembro de 2021, quinta-feira
Hora: 19h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Publicidade

CRB: Diogo Silva; Reginaldo, Ewerton Páscoa, Caetano e Guilherme Romão; Marthã, Wesley e Diego Torres; Jajá, Pablo Dyego e Júnior Brandão.
Técnico: Alan Aal

VASCO: Vanderlei, Léo Matos, Leandro Castán, Miranda (Walber) e Zeca; Andrey, Caio Lopes e Marquinhos Gabriel; Morato, Léo Jabá e Germán Cano
Técnico: Fernando Diniz

Comentários