Publicidade

O técnico Ricardo Sá Pinto já conta com um elenco limitado. Agora com a explosão de casos de Covid-19 no Vasco o treinador não tem muita margem para variações. Assim vai repetir contra o Fortaleza a escalação que derrotou o Sport por 2 a 1 no fim de semana. O Cruz-Maltino encara os cearenses nesta quinta-feira, às 19h(de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), em jogo reprogramado do primeiro turno.

Ricardo Sá Pinto já definiu o Vasco (Divulgação Vasco)

No Rio de Janeiro, o Vasco da Gama é o mais afetado nos últimos dias pela Covid. Na semana passada, foram cinco atletas que testaram positivo, e agora mais dois, num total de sete afastados das atividades.

Leia também:

Publicidade

Vasco, duas eleições, dois presidentes e Justiça decidirá
Campello sugere segundo turno entre Salgado e Leven Siano

O atacante Tiago Reis e o zagueiro Ulisses se juntam a Leandro Castán, Carlinhos, Ribamar, Miranda e Fellipe Bastos. Com as sete baixas, o Cruzmaltino vai enfrentar o Fortaleza nesta quinta-feira, em partida adiada da 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Tiago Reis e Ulisses não eram titulares

Tiago Reis é mais um caso de Covid no Vasco (Foto: Vasco)

Como Tiago Reis e Ulisses não estiveram entre os titulares no duelo do último sábado, isso não deve afetar a escalação da equipe. Então, o técnico Ricardo Sá Pinto, sem outros problemas médicos, deve manter os mesmos onze que iniciaram na vitória por 2 a 0 sobre o Sport, na Ilha do Retiro.

Publicidade

Dessa maneira o time do Vasco vai a campo nesta quinta-feira com a seguinte escalação: Fernando Miguel, Werley, Marcelo Alves e Graça; Léo Matos, Andrey, Léo Gil, Martín Benítez e Neto Borges; Talles e Germán Cano.

A partida será um confronto direto entre as duas equipes por posições intermediárias na tabela. O Fortaleza é o 12º colocado com 24 pontos, e o Vasco o 16º, com 22. Entretanto, o Cruzmaltino tem um jogo a menos, e se vencer dará um salto na classificação, e subirá para o 10º lugar.