Publicidade

Cabeça de Chave do Grupo 5 da Libertadores, o Peñarol tem pela frente o atual campeão brasileiro, Palmeiras, na briga pelo seu hexacampeonato na competição. Completam a chave o Jorge Wilstermann, da Bolívia, e o Atlético Tucumán, da Argentina. Para essa edição da Libertadores, o clube uruguaio criou uma votação especial para que a torcida decidisse qual uniforme a ser utilizado na competição.

Listras verticais remetem ao uniforme utilizado na temporada 2016

A ação parece ter motivado os fãs, que votaram e escolheram a versão com listras verticais. Os marqueteiros aproveitaram a oportunidade para mexer com o brio do torcedor. O uniforme vai ostentar um emblema especial da Conmebol, no peito, com o número referente ao pentacampeonato do Peñarol na competição. É motivo de orgulho.

Quem pode, pode: jogadores do Peñarol vão ostentar no peito os cinco títulos da competição

O uniforme com a versão de listras horizontais será utilizado como alternativo, sendo que o fabricante responsável pela confecção do material é a Puma.

Publicidade

Fundado em 1895, o Peñarol é pentacampeão Sul-Americano, levantando a taça 1960, 1961, 1966, 1982 e 1987. Além disso, chegou às finais em dez edições, a última delas em 2011, perdendo o título para o Santos. No ano passado, o Peñarol foi campeão pelo Apertura, chegando à sua 50ª conquista, desta vez diante do Plaza Colônia, uma zebra. Venceu a decisão por 3 a 1, no Estádio Centenário, em Montevídeu.

A camisa com listras horizontais que, apesar de tradicional, será utilizada como terceiro uniforme

Curiosamente, no Clausura, disputado de agosto a dezembro, o time ficou em 14º lugar, fato que criou instabilidade e consequentemente mudanças no comando. Leonardo Ramos chegou para o lugar de Fernando Curutchet, que estava como técnico interino após a saída de Jorge da Silva.