Publicidade

Arena da Baixada vira exemplo para a sustentabilidade (Divulgação Copa 2014) Arena da Baixada vira exemplo para a sustentabilidade (Divulgação Copa 2014)

O Paraná continua dando exemplos de como ajudar a preservar a natureza. Curitiba já é considerada a capital da ecologia no Brasil. Agora, a Arena da Baixada recebeu um selo internacional de referência em adoção de conceitos de sustentabilidade. Trata-se do Leadership in Energy and Environmental Design, o LEED, criado em 2009.

Neste selo existem categorias e a Arena da Baixada está enquadrada na categoria Silver, com 50 pontos. O LEED visa premiar construções que atendam alguns pontos importantes ecologicamente, como eficiência energética, gestão de recursos hídricos, redução das emissões de CO2, qualidade de ar interno e a gestão de recursos naturais.

Arena da Baixada foi reformada para atender ao LEED

Publicidade

A Arena da Baixada é considerada uma das referências quando o assunto é reutilização da água, redução do consumo de energia e design favorável à ecologia.

LEIA MAIS

Craque como jogador e técnico: Zidane faz história e consegue feito inédito
‘Cristiano Ronaldo é melhor do que Renato Gaúcho’, afirma Zidane
Fifa ameaça excluir a Espanha da Copa do Mundo da Rússia
Qual time foi o mais procurado no Google no Brasil?
Ronaldinho Gaúcho candidato ao Senado não é o único. Veja a lista!
Neymar vira garoto-propaganda de uma marca de café

Publicidade

O estádio, que foi inaugurado em 1995, passou por uma grande reforma no início desta década para atender demandas da Fifa e ser um dos palcos da Copa do Mundo de 2014. Os administradores então aproveitaram a ocasião para se enquadrarem nos quesitos que atendem o LEED.

A Arena da Baixada é a casa do Atlético-PR e o único estádio brasileiro a conseguir o LEED.