Publicidade

Bundesliga dá show fora e dentro de campo (Divulgação) Bundesliga dá show fora e dentro de campo (Divulgação)

A Deutsche Fussball Liga (DFL), entidade que organiza os campeonatos da Primeira e da Segunda divisão na Alemanha, divulgou o balanço da Bundesliga em relação ao ano passado. Os números são marcantes e alguns deles chamam a atenção, sendo capazes de deixar os brasileiros corados de vergonha. Por exemplo, até o momento a Bundesliga emprega 20 mil pessoas de maneira direta entre clubes e competições. Se forem levados os empregos indiretos em consideração, passamos a falar de mais de 54 mil pessoas.

O lado social do futebol alemão também gera boas notícias. Somente com o pagamento de impostos e seguros, os clubes alemães movimentaram mais de 1 bilhão de euros (cerca de 4 bilhões).

Publicidade

Leia também:

Esposas de Di Maria e Thiago Silva criticam técnico do PSG
A mensagem de Cristiano Ronaldo que tirou o presidente do Real Madrid do sério
Dispensado pelo Fluminense, Cavalieri entra na mira de clube da Inglaterra
Philippe Coutinho vira português para o Barcelona contratar Arthur
Real Madrid x Paris Saint-Germain: qual elenco é mais valioso?
Rivalidade Botafogo x Flamengo: Niltão é mais um capítulo
Dono da casa, Messi completa 300 jogos pelo Barcelona no Camp Nou

Mas o futebol alemão não para por ai. A taxa de ocupação nos estádios está em 91%. Ou seja, em todos os jogos da Bundesliga e da Segunda Divisão mais de 90% dos ingressos foram vendidos e os torcedores apareceram nos estádios.

Receita também dá show

Publicidade

Quando o assunto é o valor arrecadado pelos 36 clubes das duas principais divisões do futebol alemão mais um show. O total de receita está em 4,01 bilhões de euros (quase R$ 16 bilhões). A maior fonte vem da venda dos direitos para TV e internet.

Números esses que tornam a goleada de 7 a 1, sofrida pelo Brasil para a Alemanha nas semifinais da última Copa do Mundo, um mero detalhe.