Publicidade

Cruzeiro é sim favorito ao título da Copa do Brasil contra o Flamengo e explicamos por quê. Porém, é preciso considerar que futebol se resolve em campo. São inúmeros os fatores que podem interferir no resultado. Assim, o máximo que podemos fazer é levar em conta o retrospecto e os números de cada clube. É nesse ponto que aparece a vantagem, embora ligeira, da Raposa.

Cruzeiro é favorito sim na final contra o Flamengo Cruzeiro recebe o Flamengo nesta quarta-feira, na partida que vai definir o campeão da Copa do Brasil

O Flamengo fez 63 jogos oficiais em 2017. Desse total, 34 foram como mandante e os outros 29 fora de casa. Já o Cruzeiro encarou 60 jogos oficiais, com 29 como mandante e 31 fora de casa.

Se compararmos o saldo de cada time, podemos dizer que o Flamengo leva ligeira vantagem. Em casa, o Rubro-Negro venceu 24 vezes, empatou 8 e foi derrotado em duas oportunidades. No quesito mandante, o time mineiro soma 19 vitórias, uma a menos do que o Flamengo. Tem o mesmo número de empates e derota que o rival.

Ronaldo Fenômeno marcado pelo zagueiro Rogério, do Flamengo, em jogo do Campeonato Brasileiro de 1993 Ronaldo Fenômeno marcado pelo zagueiro Rogério, do Flamengo, em jogo do Campeonato Brasileiro de 1993

Publicidade

Fora de Casa o Cruzeiro venceu mais em jogos oficiais – 12 vitórias contra 9 do Flamengo -, mas empatou menos 10 contra 12 – e foi derrotado uma vez mais que o Rubro-Negro. A conclusão que chegamos é que há um equilíbrio fortíssimo nessa análise.

No confronto direto o Cruzeiro leva vantagem sobre o Flamengo. Considerando o ano da unificação do Brasileiro – 1967, quando o Torneio Rio-São Paulo se abriu à participação de clubes como Minas, Rio Grande do Sul e Paraná -, foram 57 jogos. São 24 vitórias para o Cruzeiro, 19 para o Flamengo e 14 empates.

Curiosamente, no quesito gols, considerando o mesmo período, os times estão rigorosamente empatados, com 67 para cada. A maior diferença de gols foi a favor do Flamengo, graças ao 6 x 2 aplicado em dezembro de 2004, pelo Campeonato Brasileiro. Por sua vez, o Cruzeiro tem a vitória por 3 x 0, resgistrada também no Brasileirão, em 2014.

Publicidade

Sendo assim, após o empate por 1 x 1 no Maracanã, o que se pode esperar no Mineirão seria um novo empate, tamanho o equilíbrio dessas duas forças. Vale lembrar que, além da vantagem de jogar em casa, o Cruzeiro tem a seu favor o fator de ter marcado gol na casa do rival. Assim, embora o futebol não seja uma ciência exata, pode-se dizer que a Raposa entra em campo nesta quarta como favorita ao título