Publicidade

O vaivém do mercado da bola foi agitado. A janela de transferências das principais ligas europeias fechou na última sexta-feira. A Juventus foi o clube que mais gastou. E quem mais arrecadou? A resposta é o Monaco.

O clube francês fez mais de 300 milhões de euros em vendas. A conta leva em consideração Mbappé, no acordo costurado com Paris Saint-Germain. De qualquer forma, “nem precisava”, pois o Monaco também supera os rivais com as demais negociações.

LEIA MAIS

Publicidade

‘Efeito Neymar’: Barcelona mantém ‘tática’ de inflacionar valor de multas rescisórias
Os dez jogadores mais valiosos do Campeonato Espanhol
Top 10: os jogadores mais valiosos da Premier League
Premier League: os reforços mais caros dos clubes nesta janela de transferências
Malcom no Barcelona: quarto brasileiro entre os mais caros do clube

A Roma figura na segunda colocação, enquanto o Real Madrid fecha o pódio, de acordo com dados do “Transfermarkt”.

Veja o Top 10

1º – Monaco – 316,85 milhões de euros (R$ 1,5 bilhão)

O clube francês engordou a conta bancária. Além dos 135 milhões de euros de Mbappé, o Monaco vendeu Lemar ao Atlético de Madrid por 75 milhões de euros e o brasileiro Fabinho ao Liverpool por 45 milhões de euros, entre outros.

Fabinho assinou com Liverpool | Foto: Divulgação

2º – Roma – 150,2 milhões de euros (R$ 720 milhões)

Publicidade

O goleiro brasileiro Alisson foi a maior venda da Roma nesta janela de transferências: 62,5 milhões de euros. O clube também negociou Nainggolan por 38 milhões de euros e Strootman por 25 milhões de euros, entre outros.

Alisson se despediu da Roma | Foto: Roma / Divulgação

3º – Real Madrid – 133,5 milhões de euros (R$ 640 milhões)

O clube merengue se despediu de Cristiano Ronaldo, que custou 117 milhões de euros à Juventus. Foi a maior venda da história do Real Madrid.

4º – Paris Saint-Germain – 107 milhões de euros (R$ 512 milhões)

Publicidade

O PSG vendeu mais atletas do que comprou nesta janela de transferências. A principal venda foi a de Gonçalo Guedes para o Valencia por 40 milhões de euros.

5º – Juventus – 99,5 milhões de euros (R$ 477 milhões)

Clube que mais gastou, a Juventus foi a quinta que mais arrecadou. Pelo jovem volante Mandragora, negociado com a Udinese, recebeu 20 milhões de euros.

Publicidade

6º – Napoli – 91,5 milhões de euros (R$ 438 milhões)

O brasileiro naturalizado italiano Jorginho foi para o Chelsea, sendo a maior negociação do Napoli: 57 milhões de euros.

7º – Lyon – 90,1 milhões de euros (R$ 431 milhões)

Publicidade

Na reta final da janela de transferências, o clube francês negociou o atacante Mariano Díaz com o Real Madrid por 21,5 milhões de euros. Foi a principal venda do Lyon.

8º – Sevilla – 89,95 milhões de euros (R$ 431 milhões)

O clube espanhol viu o Barcelona pagar a multa rescisória de 35,9 milhões de euros e levar o zagueiro Clément Lenglet (maior venda do Sevilla neste mercado da bola).

Publicidade

9º – Inter de Milão – 89,5 milhões de euros (R$ 429 milhões)

O Valencia exerceu a cláusula de compra e pagou 25 milhões de euros ao clube italiano pelo volante Kondogbia – a principal venda da Inter nesta janela.

10º – Bayern de Munique – 88,5 milhões de euros (R$ 424 milhões)

Publicidade

O clube alemão viu a Juventus exercer a cláusula de compra por Douglas Costa. Só nesta negociação, o Bayern de Munique recebeu 40 milhões de euros.