Publicidade

Finalista da Libertadores, o River Plate montou um elenco de peso. E um grupo caro. Sete atletas do plantel que eliminou o Grêmio estão entre os mais caros da história do clube, inclusive os dois jogadores que fizeram os gols da virada sobre o Tricolor Gaúcho, na semifinal do torneio.

Armani, Lollo, Zuculini, Rodrigo Mora, Pratto, Borré e Gonzalo Martínez estão no Top 10 dos mais caros do River Plate, de acordo com dados do site “Transfermarkt”, e continuam no elenco do técnico Gallardo.

LEIA MAIS

Publicidade

Os mais jovens com 200 jogos: Sterling entra em Top 5 da Premier League
Suárez agora é o quinto maior artilheiro da história do Barcelona: veja a lista
Evaristo, Romário… Coutinho: os brasileiros do Barcelona que marcaram no Real Madrid
Os clubes que mais faturaram na última edição da Champions League
Benzema supera Nistelrooy no ranking da artilharia da Champions League
Neymar completa 50 jogos de Champions: relembre sete partidas especiais do craque
Sete brasileiros que já se valorizaram na Premier League

Os atletas mais caros do River Plate

1º – Pratto

Em janeiro, o River Plate tirou Pratto do São Paulo, numa operação de 11,5 milhões de euros (R$ 48 milhões, na cotação atual). É o jogador mais caro da história do clube.

2º – Téo Gutiérrez

Publicidade

O centroavante colombiano foi contratado em 2013, junto ao Cruz Azul, do México, por 4,8 milhões de euros (R$ 20 milhões, na cotação atual). Hoje, defende o Junior Barranquilla, da Colômbia.

3º – Gonzalo Pity Martínez

Autor do gol da classificação para a final, Martínez foi contratado em 2015, junto ao Huracán, por 4 milhões de euros (R$ 16 milhões, na cotação atual).

Publicidade

4º – Marco Ruben

Em janeiro de 2007, o River Plate tirou o centroavante do Rosario Central por 3,8 milhões de euros (R$ 16 milhões, na cotação atual). Marco Ruben, atualmente, está no Rosario.

5º – Rodrigo Mora

Publicidade

O atacante uruguaio foi contratado em agosto de 2013, junto ao Benfica, por 3,5 milhões de euros (R$ 14 milhões, na cotação atual). Tem contrato com River até 2020.

6º – Nelson Rivas

O ex-zagueiro colombiano custou 3,5 milhões de euros (R$ 14 milhões, na cotação atual) ao River Plate, em janeiro de 2007. Foi contratado junto ao Deportivo Cali. Depois, o clube argentino o negociou com a Inter de Milão por 7,5 milhões de euros (R$ 31 milhões, na cotação atual).

Publicidade

7º – Bruno Zuculini

Outro reforço deste ano, o volante foi contratado, junto ao Verona, por 3,25 milhões de euros (R$ 13,6 milhões, na cotação atual).

8º – Luciano Lollo

Publicidade

O zagueiro chegou ao River Plate em 2016, oriundo do Racing. Custou 3,15 milhões de euros (R$ 13,2 milhões, na cotação atual). Lollo tem contrato até 2020.

9º – Armani

O goleiro também desembarcou em Buenos Aires em janeiro deste ano. Armani, que defendia o Atlético Nacional, da Colômbia, foi contratado por 3,15 milhões de euros (R$ 13,2 milhões, na cotação atual).

Publicidade

10º – Rafael Borré

Autor do gol de empate contra o Grêmio, o atacante colombiano foi contratado, junto ao Atlético de Madrid, em agosto de 2017 por 3 milhões de euros (R$ 12 milhões, na cotação atual).