Publicidade

Cristiano Ronaldo, Harry Kane, Lukaku… três candidatos a destaques da Copa do Mundo da Rússia. E há 20 anos, quais eram as feras do Mundial na França? Relembre os principais jogadores da Copa de 1998.

Zidane

Foi o cara da final e liderou a França na vitória sobre o Brasil. Zidane fez dois gols e ofuscou Ronaldo.

Zidane virou carrasco do Brasil em 1998 | Foto: Reprodução site da Fifa

Ronaldo

Ganhou o prêmio de melhor jogador da Copa do Mundo de 1998. Fez quatro gols no Mundial. Ficou marcado pelo episódio em que passou mal horas antes de encarar a França na decisão.

A tristeza de Ronaldo e a festa francesa | Foto: Paul Popper / Popperfoto / Getty Images

Suker

Publicidade

O atacante croata foi o artilheiro do Mundial, com seis gols. Suker foi um dos principais nomes da histórica campanha da Croácia, terceira colocada em 1998. Jarni, Prosineck, Boban e Vlaovic foram outros nomes de destaque do time.

Suker e Boban, destaques da Croácia | Foto: Popper Foto / site da Fifa / Divulgação

Owen

O atacante inglês, à época com 18 anos, foi eleito o melhor atleta jovem da Copa de 98. Ele marcou dois gols no Mundial. A Inglaterra teve outros nomes de peso como Alan Shearer, Sol Campbell, Paul Ince, Tony Adams, David Beckham e Paul Scholes. Os ingleses caíram nos pênaltis para a Argentina nas oitavas de final.

Owen foi o melhor atleta jovem de 1998 | Foto: Popper Foto / Site da Fifa / Divulgação

Barthez

O goleiro francês foi eleito o melhor da Copa. Barthez levou apenas dois gols no Mundial.

Barthez foi o melhor goleiro da Copa de 1998 | Foto: Fifa

Berkgamp

Publicidade

Era o principal nome do time holândes, que perdeu a semifinal para o Brasil e a disputa do terceiro lugar para a Croácia. Kluivert, Seedorf, os irmãos de Boer, Van der Sar e Cocu eram outras feras do time.

Bergkamp: fera da Holanda em 1998 | Foto: Reprodução YouTube

Klinsmann

O atacante era o principal nome da Alemanha, que caiu nas quartas de final para a Croácia. Lothar Matthäus e Oliver Bierhoff eram outros destaques. Oliver Kahn era banco de Kopke.

Klismann liderou a Alemanha em 1998 | Foto: Reprodução Fifa TV

Batitusta

Batigol fez cinco gols na Copa e foi vice-artilheiro, ao lado de Vieri. Era o destaque do time, ao lado de Ortega, Simeone, Verón, Zanetti, Claudio Lopez, Gallardo, Crespo, entre outros. Os hermanos caíram nas quartas de final para a Holanda.

Batistuta: tem história na seleção argentina | Foto: Reprodução Instagram

Laudrup

Publicidade

Michael Laudrup era o nome da Dinamarca, que caiu nas quartas de final para o Brasil. O irmão Brian Laudrup marcou na Seleção. O goleiro Peter Schmeichel era outro destaque.

Michael Laudrup parou contra o Brasil | Foto: Reprodução YouTube

Vieri

Foi vice-artilheiro da Copa também, com cinco gols. Vieri era o homem-gol de um time com Del Piero, Pagliuca, Maldini, Costacurta, Cannavaro & Cia. Roberto Baggio e Inzaghi eram opções no banco. A Itália caiu nos pênaltis, após empate sem gols, para a França nas quartas de final.

Vieri em 98: nome de peso do ataque italiano | Foto: Reprodução Instagram

Hagi

Talentoso meia, Hagi (defendeu Real Madrid e Barcelona) levou a Romênia às oitavas de final – o time perdeu para a Croácia. O time contou também com nomes como Stelea, Popescu e Adrian Ilie.

Hagi era o craque da Romênia em 98 | Foto: Reprodução YouTube

Mijatovic

Publicidade

Atacante do Real Madrid à época, Mijatovic era um dos principais nomes da antiga Iugoslávia, ao lado de Mihajlovic, hoje técnico do Sporting, Stojkovic e Savicevic.

Mijatovic brilhou pela extinta Iugoslávia | Foto: Reprodução Internet

Okocha

A Nigéria venceu Espanha e Bulgária na fase de grupos, mas caiu para Dinamarca nas oitavas de final. Jay Jay Okocha, habilidoso meia, era um dos principais nomes do time. Taribo West, Finidi, Ikpeba, Amokachi e Kanu também se destacaram.

Okocha liderou a Nigéria em 1998 | Foto: Popper Foto / Site da Fifa / Divulgação

Gamarra

O Paraguai caiu na prorrogação para a França nas oitavas de final. Gamarra liderava o setor defensivo. Chilavert, Arce, Ayala, Rivalora, Enciso e Cardozo foram outros destaques do time comandado pelo brasileiro Carpegiani.

Gamarra e Paraguai brilharam em 98 | Foto: Reprodução Instagram

Marcelo Salas

Publicidade

O ataque chileno, com Marcelo Salas e Ivan Zamorano, chegou badalado à França. Salas marcou quatro gols. O Chile caiu nas oitavas de final para o Brasil.

Salas formou ataque de peso com Zamorano em 98 | Foto: Reprodução Instagram

Valderrama

Além do bom futebol, a cabeleira de Valderrama chamava atenção. Em 98, teve ao lado nomes como Mondragon, Rincon, Asprilla, Aristizábal, entre outros.

Valderrama: ídolo eterno da Colômbia | Foto: Reprodução Instagram

Enzo Scifo

A atual geração belga é valorizada no mundo da bola. Em 98, o meia Enzo Scifo comandava o time. Oliveira, brasileiro naturalizado, era outro destaque, assim como Marc Vilmots e Luc Nilis.

Scifo é referência do futebol belga | Foto: Reprodução Internet

Raúl

Publicidade

Com 21 anos, Raúl era um dos destaques da Espanha, que caiu na fase de grupos. Hierro, hoje técnico, era outra fera, ao lado de Zubizarreta e Luis Enrique, entre outros.

Raúl liderou a Espanha desde cedo | Foto: Reprodução Internet

Stoichkov

Craque búlgaro, defendeu o Barcelona por anos, Stoichkov era o principal nome do time que caiu na primeira fase em 1998.

Stoichkov é ídolo da Bulgária e do Barcelona | Foto: Reprodução Instagram

Leia também:

Publicidade

Conheça os maiores artilheiros das 32 seleções que disputam a Copa do Mundo da Rússia
Quem o Brasil mais enfrentou em Copas do Mundo? Veja a lista de adversários
‘Valor Brasil’ da seleção de Tite é mais baixo que em 2014 e 2010
Brasileiros que jogaram pelo Manchester United: relembre as histórias
Top 10: os jogadores mais valiosos que estão fora da Copa do Mundo
Os técnicos do Brasil em todas as Copas: Tite se junta a seleto grupo