Publicidade

A imagem de Cristiano Ronaldo já foi retirada do vestiário do Real Madrid no Santiago Bernabéu. O número 7 está sem dono. O craque português aumentou a mística em relação à camisa 7 do clube merengue. Um número que já era especial e que foi muito bem utilizado por CR7. Quem terá a responsabilidade e a honra de ser o 7 do Real após a ida de Cristiano para a Juventus? Vai aumentar a lista de camisas 7 históricos do clube?

Veja a lista de quem marcou época no Real com o famoso número 7.

Publicidade

LEIA MAIS

Champions, Tríplice Coroa, recordes… sete desafios de Cristiano Ronaldo na Juventus
CR7 ‘desafia’ o mercado: é o atleta acima de 30 anos mais caro da história. Veja o Top 10
Cristiano Ronaldo vira a maior venda da história do Real Madrid: o Top 10
Kane é o segundo inglês artilheiro da Copa. Brasil lidera ranking por países
Os 9 atletas que custaram mais do que Modric na janela em que foi para o Real Madrid

Raymond Kopa

O francês é considerado o primeiro grande camisa 7 do Real Madrid e responsável por iniciar a mística do número no clube. Kopa foi contratado em 1956 e ficou no Real até 1959 e fez 30 gols em 103 partidas oficiais. Jogou ao lado de outras lendas do clube, como Di Stéfano, Puskas e Gento. Conquistou três Taça dos Campeões, torneio que deu origem à Champions League.

Publicidade

Amancio Amaro

Outra lenda merengue que ajudou a formar a mística da camisa 7. Atacante, Amancio chegou ao clube em 1962 e ficou até 1976. Ele disputou 471 jogos oficiais e marcou 155 gols, de acordo com números do Real. Amancio conquistou uma Taça dos Campeões e nove Campeonatos Espanhóis.

Juanito

Publicidade

Juan Gómez González, conhecido como Juanito, chegou ao Real Madrid em 1977 e ficou até 1987. Ele disputou 401 jogos oficiais e marcou 121 gols. Ajudou o clube merengue a conquistar cinco Campeonatos Espanhóis e duas Taças da Uefa.

Emilio Butragueño

Lenda do Real Madrid, liderou a “Quinta del Buitre”, como era conhecido a geração de atletas revelados pelo clube merengue. Butragueño estreou pelo time principal em 1984 e defendeu o Real até 1995. Foram 463 jogos oficiais e 171 gols, além de seis títulos do Campeonato Espanhol, duas Taças da Uefa, entre outros.

Publicidade

Raúl González

Raúl envergou a camisa 7 por mais de uma década. Ele chegou ao clube ainda nas categorias de base. O ex-atacante se tornou um dos maiores ídolos e símbolo do Real Madrid. Raúl defendeu o Real de 1994 a 2010. É o atleta com mais jogos da história do clube (741). Marcou 323 gols. Os principais títulos foram três Liga dos Campeões e seis Campeonatos Espanhóis.

Cristiano Ronaldo

Publicidade

O português foi CR9 no começo de Real Madrid. Como Raúl era o dono da 7, Cristiano Ronaldo usou o número 9 no início. Herdou o místico número com a ida do ex-companheiro para o Schalke 04, da Alemanha. Novamente CR7, ele fez história. Cristiano é o maior artilheiro do clube, com 451 gols em 438 jogos. Conquistou quatro Champions League e dois Campeonatos Espanhóis, entre outros títulos.