Publicidade

Primeira Liga não será disputada em 2018 (Divulgação) Primeira Liga não será disputada em 2018 (Divulgação)

Os organizadores da Copa da Primeira Liga anunciaram que a competição não será disputada em 2018. Após cogitarem a hipótese de o torneio acontecer em paralelo à Copa do Mundo da Rússia, eles optaram pelo caminho mais lógico: desistir do torneio. Porém, os mesmos garantem que a Primeira Liga voltará forte em 2019.

O comunicado diz que “A Diretoria da Copa da Primeira Liga comunica que, em comum acordo com todas as partes interessadas, a competição não será realizada em 2018. No entanto, o trabalho continua sendo desenvolvido para viabilizar um torneio forte e estruturado a partir de 2019.

Publicidade

Na última semana, reuniões com a Confederação Brasileira de Futebol e com a Rede Globo deixaram adiantadas as tratativas para um torneio no início da temporada 2019, com quatro a sete datas, com término até março.

A cúpula da Primeira Liga seguirá em contato constante com os dirigentes dos clubes, a CBF e a Rede Globo a fim de unificar os interesses e promover um torneio de alto nível, valorizando e fortalecendo o Fórum de Clubes.”

Leia também:

Publicidade

Você conhece os 15 jovens que podem brilhar na Copa do Mundo?
Brasil vai de ‘Samba Ouro’ na Rússia: veja camisas históricas da Seleção em Copas
Dez jogadores que devem disputar sua última Copa do Mundo na Rússia
Dez frases confiantes (arrogantes) de Cristiano Ronaldo
Você lembra quais foram os capitães do Brasil em todas as Copas do Mundo?

Se eles vão cumprir a promessa de organizarem um torneio forte ninguém pode prever. Mas o MQJ decidiu relembrar alguns torneios criados e que não vingaram:

COPA DA PRIMEIRA LIGA

O Londrina ganhou a Primeira Liga em 2017 (Divulgação) O Londrina ganhou a Primeira Liga em 2017 (Divulgação)

Publicidade

Insatisfeitos com a CBF, alguns clubes liderados pelo Flamengo decidiram criar um torneio que pudesse servir de alternativa aos estaduais e até mesmo como projeto inicial para uma competição mais forte no cenário nacional. Nasceu a Copa da Primeira Liga. Apesar de ter equipes fortes como o próprio Rubro-Negro, o Fluminense, Inter, Grêmio, Cruzeiro e Atlético-MG, a Primeira Liga não tinha respaldfo de outras forças. Os clubes paulistas sequer cogitaram participar. Botafogo e Vasco também se recusaram.

O torneio teve então duas edições. Em 2016 o Fluminense foi campeão. Já no ano passado o Londrina deu a volta olímpica. Em 2018 não será disputado por falta de datas.

TAÇA CIDADE MARAVILHOSA

O Botafogo ganhou com facilidade a Taça Cidade Maravilhosa (Arquivo Ferj) O Botafogo ganhou com facilidade a Taça Cidade Maravilhosa (Arquivo Ferj)

Publicidade

Empolgados com um incentivo da Prefeitura e pela presença de ídolos como Romário, Túlio Maravilha e Renato Gaúcho, os clubes do Rio de Janeiro decidiram criar um torneio, só entre equipes da capital, para anteceder ao Estadual. Nascia a Taça Cidade Maravilhosa, disputada uma única vez nos dois primeiros meses de 1996. O torneio foi sucesso de público e interesse e o Botafogo se sagrou campeão. Porém, por disputas políticas saiu do mapa e não teve continuidade.

COPA SUL-MINAS

Gazeta Esportiva faz homenagem ao Cruzeiro (Reprodução Gazeta) Gazeta faz homenagem ao Cruzeiro (Reprodução Gazeta)

Com os Estaduais esvaziados, os clubes de São Paulo e Rio de Janeiro optaram por retornarem com o Torneio Rio-São Paulo. Para não ficarem para trás os clubes de Minas Gerais e do Sul decidiram criar a Copa Sul-Minas, que já era uma “melhora” na Copa Sul, criada com o mesmo objetiovo, disputada apenas em 1999 e vencida pelo Grêmio.

Publicidade

O torneio, porém, não chegou a encantar e foi disputado apenas três vezes. O América-MG foi o primeiro campeão, em 2000. Logo depois o Cruzeiro garantiu o bi. Em 2002 o torneio perdeu sentido com o Brasileirão passando a ser disputado no sistema de pontos corridos.

TORNEIO DOS CAMPEÕES

América-RJ foi convidado indigesto (Foto: Site América) América-RJ foi convidado indigesto (Foto: Site América)

O Torneio dos Campeões foi uma ideia da CBF de organizar em 1982 uma competição com times que haviam sido campeões ou vice em torneios nacionais. Como apenas 17 equipes preenchiam esse requisito, o América-RJ foi convidado por ter muitas participações em competições nacionais. Por ironia do destino os americanos foram os campeões de um torneio que teve edição única e não caiu no gosto da torcida.

Publicidade

COPA DOS CAMPEÕES

Palmeiras foi o primeiro campeão da Copa dos Campeões (Foto: Gazeta de Alagoas) Palmeiras foi o primeiro campeão (Foto: Gazeta de Alagoas)

Com o aumento do número de participantes brasileiros na Libertadores em 1999, a CBF decidiu criar um torneio para apontar a quarta vaga do país no torneio continental. Nascia a Copa dos Campeões. Inicialmente o torneio era disputado por campeões dos principais estaduais e alguns regionais. Depois, a entidade inchou e colocou 16 times em ação. Foiu o suficiente para que a Copa dos Campeões terminasse com apenas três edições disputadas. O Palmeiras ganhou em 2000, o Flamengo em 2001 e o Paysandu em 2002.

Exterior teve seu fiasco

COPA MERCONORTE

Copa Merconorte foi difícil promover (Foto: Conmebol) Copa Merconorte foi difícil promover (Foto: Conmebol)

Publicidade

Com a Copa Mercosul sendo um sucesso, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) optou por criar a Copa Merconorte em 1998. Ela era disputada por clubes de Peru, Colômbia, Venezuela e Equador, além de convidados da América Central e do Norte.

Durante 1998 e 2001 foram jogadas quatro edições e todas ganhas por times da Colômbia. As três primeiras ficaram com o Atlético Nacional e a última com o Millonarios. Depois disso, sem interesse, acabou sendo abolida.