Publicidade

Depois de quase oito meses, Guerrero voltou a balançar a rede com a camisa do Flamengo. O atacante peruano fez um gol na derrota para a Chapecoense por 3 a 2, neste domingo, na Arena Condá. A Chape agora é uma das vítimas prediletas do camisa 9 rubro-negro. No ano passado, ele marcou três vezes num jogo contra os catarinenses em duelo pelo Brasileirão.

Guerrero já fez quatro gols pelo Flamengo sobre a Chapecoense | Foto: Staff Images / Flamengo / Divulgação

Guerrero não marcava desde o dia 17 de setembro, na vitória do Flamengo sobre o Sport por 2 a 0, na Ilha do Urubu. Depois, passou em branco em cinco jogos seguidos – a última partida que disputou em 2017 foi contra o Bahia, no dia 19 de outubro. Ele caiu, a serviço da seleção peruana, no antidoping e foi suspenso.

Leia também:

Publicidade

Os salários dos técnicos da Copa do Mundo: Tite é o segundo da lista
Unai Emery é o técnico com mais títulos nas últimas cinco temporadas
Manchester City tem o elenco mais valioso da Europa: veja o top 10
Xavi, Iniesta, Messi… os atletas com mais jogos pelo Barcelona
Cristiano Ronaldo vai igualar recorde de Maldini na Champions League
Liverpool terá de superar o maior clube da Champions League na final

Este foi o terceiro jogo de Guerrero após a punição de seis meses por doping – ele ainda aguarda a sentença da Corte Arbitral do Esporte (CAS). Guerrero entrou no decorrer das vitórias sobre Internacional e Ponte Preta. Pela primeira vez como titular, não decepcionou e voltou a balançar a rede.

A Chapecoense se junta a Boavista, Fluminense e Botafogo como as principais vítimas de Guerrero com a camisa do Flamengo. O camisa 9 fez quatro gols em cada. Ao todo, ele soma 43 pelo Fla, sendo que balançou as redes de 25 adversários.

As vítimas de Guerrero pelo Flamengo

Publicidade

Boavista – 4 gols
Fluminense – 4 gols
Botafogo – 4 gols
Chapecoense – 4 gols
Atlético-MG – 3 gols
São Paulo – 2 gols
Corinthians – 2 gols
Santos – 2 gols
Nova Iguaçu – 2 gols
Internacional – 1 gol
Náutico – 1 gol
Grêmio – 1 gol
Portuguesa – 1 gol
Figueirense – 1 gol
Bangu – 1 gol
Fortaleza – 1 gol
América-MG – 1 gol
Coritiba – 1 gol
Cruzeiro – 1 gol
Madureira – 1 gol
Atlético-PR – 1 gol
Universidad Católica – 1 gol
Atlético-GO – 1 gol
Palmeiras – 1 gol
Sport – 1 gol