Publicidade

Líder do Brasileiro e agora também na ponta no quesito aproveitamento na temporada entre os clubes da Série A. O Flamengo, após a vitória sobre o Paraná, empatou com o Cruzeiro na liderança do ranking. As duas equipes têm 70,5% de aproveitamento dos pontos disputados em 2018. A Raposa, que perdeu para a Chapecoense, viu o clube carioca empatar o “placar”.

Diego abriu o caminho para vitória do Flamengo | Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

O Flamengo é o clube da Série A que menos perdeu em 2018. São apenas quatro derrotas. O Rubro-Negro soma 21 vitórias e nove empates, no total de 34 jogos. O Cruzeiro tem o mesmo número de partidas: venceu 22, empatou seis e perdeu seis.

Leia também:

Publicidade

Perto do adeus, Vizeu consegue feito inédito na trajetória pelo Flamengo
‘Valor Brasil’ da seleção de Tite é mais baixo que em 2014 e 2010
Brasileiros que jogaram pelo Manchester United: relembre as histórias
‘Time’ dos 100 milhões de euros: os atletas mais valiosos da Copa do Mundo
Top 10: os jogadores mais valiosos que estão fora da Copa do Mundo
Dança das cadeiras na Série A: trocas em 50% dos clubes neste ano
Os técnicos do Brasil em todas as Copas: Tite se junta a seleto grupo

Flamengo e Cruzeiro são os únicos com aproveitamento na casa dos 70%. O Palmeiras vem logo atrás. Após empatar com Ceará (vencia por 2 a 0, mas cedeu a igualdade), o Verdão agora tem 68,4% do aproveitamento dos pontos disputados (soma 23 vitórias, sete empates e sete derrotas no ano). O Grêmio, com 61,4% de aproveitamento, fecha o pódio.

Paraná na lanterna entre os times da Série A

Do outro lado da “tabela de classificação”, o Paraná segura a lanterna, com 38,6% de aproveitamento dos pontos disputados. Outros três clubes também têm aproveitamento abaixo da casa dos 50%: Botafogo, América-MG e Santos.

Aproveitamento dos times da Série

Publicidade

Cruzeiro – 70,5% de aproveitamento – 34 jogos (22V, 6E e 6D)
Flamengo – 70,5% de aproveitamento – 34 jogos (21V, 9E e 4D)
Palmeiras – 68,4% de aproveitamento – 37 jogos (23V, 7E e 7D)
Grêmio – 61,4% de aproveitamento – 38 jogos (20V, 10E e 8D)
Internacional – 58,8% de aproveitamento – 30 jogos (15V, 8E e 7D)
Bahia – 58% de aproveitamento – 35 jogos (18V, 7E e 10D)
Atlético-MG – 57,6% de aproveitamento – 37 jogos (18V, 10E e 9D)
Sport – 57,6% de aproveitamento – 26 jogos (12V, 9E e 5D)
São Paulo – 57,1% de aproveitamento – 35 jogos (17V, 9E e 9D)
Corinthians – 55,8% de aproveitamento – 37 jogos (18V, 8E e 11D)
Chapecoense – 54,9% de aproveitamento – 34 jogos (15V, 11E e 8D)
Ceará – 54,4% de aproveitamento – 41 jogos (18V, 13E e 10D)
Vitória – 54,1% de aproveitamento – 40 jogos (19V, 8E e 13D)
Atlético-PR – 52,7% de aproveitamento – 36 jogos (15V, 12E e 9D)
Fluminense – 52,6% de aproveitamento – 31 jogos (14V, 7E e 10D)
Vasco – 50,9% de aproveitamento – 36 jogos (16V, 7E e 13D)
Botafogo – 49,6% de aproveitamento – 31 jogos (12V, 10E e 9D)
América-MG – 46,9% de aproveitamento – 27 jogos (11V, 5E e 11D)
Santos – 45% de aproveitamento – 34 jogos (13V, 7E e 14D)
Paraná – 38,6% de aproveitamento – 25 jogos (7V, 8E e 10D)