Publicidade

O título da Champions League é um sonho de consumo para a maioria dos craques do futebol europeu. Muitas feras, porém, não conseguiram conquistar o cobiçado troféu. O jornal “As”, da Espanha, fez uma lista com nomes de peso que não foram campeões do torneio.

A relação conta com atletas eleitos melhores do mundo e também nomes com números de peso no torneio. A lista tem dois jogadores em atividade, sendo que Ibrahimovic está nos Estados Unidos.

LEIA MAIS

Publicidade

Artilharia de 2018: veja quem fez mais gols por seleções neste ano
Mercado da bola: dez craques que estão no último ano de contrato
Os clubes que mais faturam com patrocínio e fornecedor de material
Palacios a caminho: os argentinos mais caros da história do Real Madrid
‘Tríplice Coroa’: eles ganharam Copa do Mundo, Champions e Bola de Ouro

Dez feras que não conquistaram a Champions League

Buffon

Lenda em atividade, Buffon, agora no Paris Saint-Germain, ainda persegue o primeiro título da Champions League. O goleiro italiano disputou três finais com a Juventus e bateu na trave três vezes.

Ibrahimovic

Publicidade

Atualmente nos Estados Unidos, no Los Angeles Galaxy, o craque sueco disputou a Champions League por sete clubes diferentes (Ajax, Juventus, Inter de Milão, Barcelona, Milan, Paris Saint-Germain e Manchester United). É o sétimo maior artilheiro da história do torneio. Chegou até a semifinal com o Barça, sendo eliminado pela Inter, em 2010.

Nistelrooy

Artilheiro da Champions League três vezes e quinto maior goleador da história do torneio, o centroavante holandês conheceu muito bem o caminho para as redes, mas se aposentou sem a glória de ser campeão da competição.

Publicidade

Totti

Ídolo da Roma e campeão com a Itália da Copa de 2006, Totti parou nas quartas de final da Champions League.

Ballack

Publicidade

O meia alemão bateu na trave duas vezes. Ballack foi vice-campeão com Bayer Leverkusen (Real Madrid ganhou o título) e com Chelsea (Manchester United faturou a taça nos pênaltis).

Nedved

Bola de Ouro de 2003, o meia tcheco foi fundamental na classificação da Juventus para a final da edição 2002/2003 – fez gol no Real Madrid na semifinal. Porém, suspenso, Nedved não pôde jogar a final, vencida pelo Milan nos pênaltis.

Publicidade

Cannavaro

Melhor do mundo em 2006, o zagueiro italiano alcançou a semifinal da edição 2002/2003. À época pela Inter de Milão, foi eliminado pelo rival Milan.

Ronaldo

Publicidade

O auge do Fenômeno no torneio foi na edição 2002/2003. Ele fez um hat-trick sobre o Manchester United no Old Trafford, pelas quartas de final. Na sequência, Ronaldo e o Real Madrid pararam na semifinal, diante da Juventus.

Bergkamp

O craque holandês fez história com a camisa do Arsenal, clube que defendeu de 1995 a 2006. Bergkamp se aposentou após a derrota na final da Champions de 2006, para o Barcelona.

Publicidade

Eric Cantona

O atacante francês foi um dos principais atletas do Manchester United na década de 90. Atingiu a semifinal Champions League da edição 1996/1997.