Publicidade

Jordi Alba assinou, nesta segunda-feira, a renovação de contrato com Barcelona. O novo vínculo do lateral-esquerdo vai até junho de 2024, com multa rescisória de 500 milhões de euros (R$ 2,1 bilhões).

Alba é mais uma fera com multa de 500 milhões de euros | Foto: Twitter Barcelona / Divulgação

O Barcelona adotou o expediente de fixar multas rescisórias elevadas após a saída de Neymar para o Paris Saint-Germain. Para se ter uma ideia, de acordo com Marca, da Espanha, o clube tem um time de 4,5 bilhões de euros (R$ 19,5 bilhões), somando as multas.

O PSG pagou a multa de 222 milhões de euros (R$ 964 milhões, na cotação atual) e levou o craque brasileiro, em agosto de 2017. A partir daí, o clube espanhol tratou de aumentar os valores. Messi, por exemplo, teria multa de 400 milhões de euros (R$ 1,7 bilhão), mas o valor passou para 700 milhões (R$ 3 bilhões), de acordo com Marca. Depois, a maioria das renovações estipula multa rescisória de 500 milhões de euros, como a de Alba.

As multas rescisórias do Barcelona

Ter Stegen

Publicidade

O goleiro alemão renovou com Barcelona antes da saída de Neymar. O vínculo de Ter Stegen vai até junho de 2022, com multa de 180 milhões de euros (R$ 782 milhões).

Sergi Roberto

Já sob “efeito Neymar”, o Barcelona renovou com Sergi Roberto no ano passado e colocou multa de 500 milhões de euros (R$ 2,1 bilhões). O contrato vai até junho de 2022.

Publicidade

Piqué

Outra renovação do ano passado, o zagueiro também tem cláusula rescisória de 500 milhões de euros (R$ 2,1 bilhões). Piqué é outro atleta com contrato até junho de 2022.

Umtiti

Publicidade

Em junho de 2018, o zagueiro francês ampliou vínculo com Barcelona até 2023. A multa rescisória também é de 500 milhões de euros (R$ 2,1 bilhões).

Jordi Alba

A multa rescisória do lateral-esquerdo de 29 anos segue o “padrão” recente do Barcelona. Alba chegou ao clube na temporada 2012/2013.

Publicidade

Busquets

O volante renovou com clube em setembro do ano passado. O novo vínculo vai até 2023, com cláusula de rescisão de 500 milhões de euros (R$ 2,1 bilhões).

Rakitic

Publicidade

É o titular com a menor multa – 120 milhões de euros (R$ 521 milhões). Rakitic renovou com Barcelona antes da saída de Neymar. O vínculo do croata vai até 2022.

Philippe Coutinho

Contratação mais cara da história do Barcelona – já custou 135 milhões de euros (R$ 586 milhões) e o valor pode subir para 160 milhões de euros (R$ 695 milhões) com as variáveis -, o meia brasileiro tem multa rescisória de 400 milhões de euros (R$ 1,7 bilhão), o mesmo valor de Arthur.

Publicidade

Dembélé

Contratado por 120 milhões de euros (R$ 521 milhões) logo após a saída de Neymar, o atacante francês também tem multa de 400 milhões de euros (R$ 1,7 bilhão).

Suárez

Publicidade

O centroavante uruguaio renovou com Barcelona em dezembro de 2016. O vínculo vai até junho de 2021, com multa rescisória de 200 milhões de euros (R$ 869 milhões).

Messi

O astro da companhia tem a maior multa rescisória do Barcelona, de 700 milhões de euros (R$ 3 bilhões). O vínculo de Messi vai até 2021 – o clube já fala em ampliar o tempo de contrato.

Publicidade