Publicidade

A janela de transferências ainda não fechou (encerramento é na sexta-feira), mas a Serie A já estabeleceu um recorde. Pela primeira vez na história, os clubes do Campeonato Italiano movimentaram mais de 1 bilhão de euros (R$ 4,4 bilhões) no mercado da bola. Trata-se do maior valor em contratações da liga da Itália.

A Juventus lidera o ranking do mercado da bola. É o time que mais investiu: 256,9 milhões de euros (R$ 1,1 bilhão), sendo 117 milhões de euros (R$ 519 milhões) para contratar Cristiano Ronaldo.

O recorde anterior do Campeonato Italiano era da temporada passada, quando os clubes gastaram 957 milhões de euros (R$ 4,2 bilhões) em reforços. Veja os números, de acordo com “Transfermarkt”, das últimas cinco janelas de transferências.

Publicidade

LEIA MAIS

Top 10: os brasileiros mais caros na história da Premier League
As contratações mais caras das últimas dez janelas da Premier League
De Kepa a CR7: os mais caros por posição na janela de transferências
Doze jogadores que trabalharam com Guardiola e Mourinho

As janelas do Campeonato Italiano

Temporada 2018/2019: 1,03 bilhão de euros (R$ 4,58 bilhões) e somando…

Até o momento, os clubes já ultrapassaram a casa do bilhão de euros em transferências. CR7 é o mais caro da atual janela.

Publicidade

Temporada 2017/2018: 957 milhões de euros (R$ 4,2 bilhões)

Era o recorde italiano. Na temporada passada, o atleta mais caro foi o zagueiro Bonucci, que trocou a Juventus pelo Milan numa transação de 42 milhões de euros (R$ 186 milhões, na cotação atual).

Temporada 2016/2017: 861 milhões de euros (R$ 3,8 bilhões)

Publicidade

Higuaín foi o atleta mais caro da janela italiana daquela temporada. A Juventus tirou o atacante argentino do Napoli por 90 milhões de euros (R$ 399 milhões, na cotação atual).

Temporada 2015/2016: 705 milhões de euros (R$ 3,1 bilhões)

A Juventus contratou Dybala por 40 milhões de euros (R$ 177 milhões, na cotação atual). O argentino defendia o Palermo e foi a transferência mais cara na Itália na ocasião.

Publicidade

Temporada 2014/2015: 440 milhões de euros (R$ 1,9 bilhão)

A Roma fez a contratação mais cara na ocasião. Tirou o atacante Iturbe do Verona por 24,5 milhões de euros (R$ 108 milhões, na cotação atual).

Temporada 2013/2014: 563 milhões de euros (R$ 2,5 bilhões)

Publicidade

Higuaín foi o mais caro da Itália duas vezes. Na temporada 2013/2014, trocou o Real Madrid pelo Napoli. A transação custou 39 milhões de euros (R$ 173 milhões).