Publicidade

Lá vêm eles de novo… Calma, não é mais um gol da Alemanha naquele fatídico e doloroso 8 de julho de 2014, dia do 7 a 1 na semifinal da Copa do Mundo. A expressão utilizada por Galvão Bueno antes de o time alemão marcar mais uma vez naquela ocasião agora pode anunciar o reencontro entre as duas seleções. Lá vêm eles de novo. O Brasil encara a Alemanha nesta terça-feira, em amistoso em Berlim. De 2014 para cá, quem continua na Seleção Brasileira? Quem perdeu espaço?

O Brasil que entrou em campo contra a Alemanha, em 2014 | Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação

Dos 14 jogadores – onze titulares e três reservas – que atuaram no fatídico 7 a 1, quatro vão reencontrar a Alemanha: Marcelo e Fernandinho, titulares na ocasião, e Paulinho e Willian, que entraram no decorrer do jogo.

Leia também:

Publicidade

Você conhece os 15 jovens que podem brilhar na Copa do Mundo?
Brasil vai de ‘Samba Ouro’ na Rússia: veja camisas históricas da Seleção em Copas
Dez jogadores que devem disputar sua última Copa do Mundo na Rússia
Dez frases confiantes (arrogantes) de Cristiano Ronaldo
Você lembra quais foram os capitães do Brasil em todas as Copas do Mundo?

Além dos quatro acima, Daniel Alves e Thiago Silva são os outros representantes da Copa do Mundo de 2014 na atual convocação de Tite. O lateral-direito deu lugar a Maicon na semifinal contra a Alemanha. O zagueiro, suspenso, foi substituído por Dante.

O time do Brasil no dia 8 de julho de 2014 foi o seguinte: Julio Cesar; Maicon, David Luiz, Dante e Marcelo; Luiz Gustavo, Fernandinho (Paulinho entrou no intervalo) e Oscar; Hulk (Ramires entrou no intervalo), Bernard e Fred (Willian entrou no segundo tempo).

Publicidade

O time alemão deve poupar no amistoso Müller e Özil, carrascos do Brasil no 7 a 1. Boateng deve reencontrar a Seleção Brasileira – há expectativa de que Khedira também jogue. Draxler e Kroos, outros atletas da Copa de 2014, estão no grupo atual.

O 7 a 1

Julio Cesar

O goleiro se despediu da Seleção Brasileira após a Copa do Mundo de 2014. Este ano, voltou para o Flamengo para se aposentar dos gramados.

Julio Cesar se despediu da Seleção após a Copa de 2014 | Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação

Maicon

Após a Copa do Mundo de 2014, Maicon disputou o amistoso com a Colômbia, já com Dunga no comando. Depois, perdeu espaço. Aos 36 anos, disputou o último Brasileiro pelo Avaí. Está sem clube no momento.

Maicon disputou um amistoso depois da Copa | Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação

David Luiz

Publicidade

Continuou na Seleção Brasileira após o Mundial. Era convocado por Dunga e também foi chamado por Tite. O último jogo pelo Brasil foi em junho do ano passado, no amistoso contra a Austrália. David Luiz perdeu espaço na Seleção e também no Chelsea. Fez apenas 17 jogos pelo clube inglês nesta temporada.

David Luiz perdeu espaço na Seleção | Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação

Dante

O último jogo de Dante pela Seleção Brasileira foi justamente o 7 a 1 para a Alemanha. O zagueiro na época defendia o alemão Bayern de Munique. Depois de anos na Alemanha, Dante foi para a França. Atua pelo Nice desde 2016.

Dante substituiu o suspenso Thiago Silva | Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação

Marcelo

Depois do 7 a 1, Marcelo viveu uma época conturbada com Dunga. Com Tite, o lateral-esquerdo retomou a condição e o brilho na Seleção Brasileira.

Willian é outro a reencontrar a Alemanha | Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação

Luiz Gustavo

Publicidade

Continuou na Seleção com Dunga – seu último jogo com a Amarelinha foi no amistoso com Panamá, no dia 29 de maio de 2016. Perdeu espaço com Tite: não foi chamado pelo técnico nem sequer uma vez.

Luiz Gustavo teve chances com Dunga | Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação

Fernandinho

Será titular de novo contra a Alemanha. O volante continuou na Seleção Brasileira com Dunga e tem o mesmo prestígio com Tite. Fernandinho é nome certo na Copa da Rússia.

Fernandinho será titular no reencontro com a Alemanha | Foto: Lucas Figueiredo / CBF / Divulgação

Paulinho

Entrou no intervalo em 2014, quando o placar apontava 5 a 0 para a Alemanha. Perdeu espaço com Dunga, mas voltou como peça-chave de Tite, brilhando com a camisa da Seleção. Outro nome confirmado na Rússia.

Paulinho é peça-chave da Seleção Brasileira | Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação

Oscar

Publicidade

Autor do gol de honra, Oscar era convocado com frequência por Dunga. Com Tite, foi convocado apenas uma vez. No futebol chinês, o meia perdeu espaço com o atual técnico da Seleção.

Oscar foi convocado por Tite uma vez | Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação

Hulk

Nunca foi convocado por Tite. Hulk continuou na Seleção com Dunga – disputou a Copa América de 2016. Mas perdeu espaço com a troca de comando.

Hulk perdeu espaço com Tite | Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação

Ramires

Entrou no lugar de Hulk no 7 a 1. Outro que perdeu espaço com Tite – nunca foi chamado pelo técnico. Ramires chegou a ser convocado por Dunga após 2014.

Ramires foi outro que perdeu espaço com Tite | Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação

Bernard

Publicidade

Escolhido por Felipão para o lugar de Neymar, lesionado na Copa do Mundo, Bernard nunca mais foi convocado depois do 7 a 1.

Bernard foi o substituto de Neymar no 7 a 1 | Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação

Fred

Camisa 9 do Brasil na Copa do Mundo, Fred sofreu com críticas. A trajetória pela Seleção Brasileira acabou no 7 a 1.

Fred sofreu com as críticas após o 7 a 1 | | Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação

Willian

Entrou no lugar de Fred. Reencontra a Alemanha vivendo um grande momento. Continuou na Seleção com Dunga e está confirmado na Rússia por Tite.

Willian é outro a reencontrar a Alemanha | Rafael Ribeiro / CBF / Divulgação

Os demais jogadores da Copa

Publicidade

Dos 23 convocados por Felipão em 2014, Daniel Alves e Thiago Silva vão para mais uma Copa do Mundo. Neymar continua como o craque brasileiro. Maxwell, reserva de Marcelo no Mundial, já se aposentou.

Jefferson chegou a ser titular com Dunga, mas nunca foi mais chamado por Tite. Victor também não teve chance com atual técnico. Henrique, Hernanes e Jô foram outros que não foram convocados pelo atual comandante.