Publicidade

Cristiano Ronaldo deixa o gramado sangrando, após pancada no supercílio (Divulgação Real Madrid) Cristiano Ronaldo deixa o gramado sangrando, após pancada no supercílio (Divulgação Real Madrid)

A imagem de Cristiano Ronaldo pedindo o celular para ver seu rosto após a pancada repercurtiu mais do que a própria pancada. No segundo gol que marcou na goleada por 7 a 1, sobre o Deportivo La Coruña, o português recebeu pancada no rosto. Com o supercílio sangrando, enquanto deixava o camo, veio aquela olhadinha no celular, para ver o estrago.

Vaidade?

O gesto correu mundo e resultou em forte repercussão. Foi tanto falatório que o técnico Zidaneteve teve que tocar no assunto durante coletiva. O treinador do Real Madrid explicou a atitude de seu craque.

Publicidade

“Ele só queria ver se poderia continuar jogando. Queria ver a dimensão do corte porque queria continuar em campo a todo o custo”, disse Zidane. Segundo o técnico, foi o próprio Cristiano Ronaldo quem deu a justificativa.

Com o curativo, Cristiano Ronaldo participa das atividades normalmente (Divulgação Real Madrid) Com o curativo, Cristiano Ronaldo participa das atividades normalmente (Divulgação Real Madrid)

“Ele explicou isso depois no vestiário. Não inventou nada. Levou pontos e está de volta aos treinos. E se está treinando assim é porque é importante, para ele, estar em campo”, finalizou.

O Real Madrid joga nesta quarta-feira contra o Leganés, partida em atraso da Liga espanhola.

Publicidade

Leia também

Suárez e Messi somam mais gols do que 15 times do Campeonato Espanhol
Com média melhor que Messi, Suárez entra em lista especial do Barcelona
Por que o futuro de Neymar está longe do Real Madrid
Trio do PSG deixa no chinelo o tridente do Real Madrid: duelo vem aí
Neymar marca quatro gols num jogo pela quinta vez na carreira