Publicidade

Como Alisson e Ederson não puderam se apresentar à Seleção Brasileira, em razão do veto dos clubes da Premier League, Weverton recebeu mais uma chance. E o goleiro do Palmeiras correspondeu novamente. Weverton foi importante na vitória do Brasil sobre o Chile, em Santiago, nesta quinta-feira, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

Com uma atuação ruim coletivamente, o goleiro precisou segurar as pontas lá atrás, sobretudo no primeiro tempo. Weverton fez três defesas na etapa inicial, sendo duas delas seguidas. Vidal cobrou falta e depois ele defendeu o rebote de Vargas. Weverton criticou o gramado e analisou o desempenho.

Weverton Brasil Weverton segurou as pontas | Foto: Lucas Figueiredo / CBF / Divulgação

– Um dos piores campos que joguei na vida. Estava muito ruim. Na área do gol, estava soltando todo o gramado, com muita dificuldade. Naquele chute da falta, foi um chute forte, que tentei colocar para o lado, mas a bola balançou um pouco e acabou indo para o centro e ainda consegui fazer a defesa no rebote, na cabeçada. Duas defesas importantes, que ajudaram. O segundo tempo foi mais tranquilo na questão de defesas, mas estas duas foram as mais difíceis – declarou Weverton.

Relacionadas

Neymar Chile x Brasil
Meme Brasil | Foto: Reprodução Internet

Weverton projeta clássico pelo Brasil

Publicidade

O goleiro cumpriu bem a missão e foi um dos destaques do Brasil. É um daqueles jogos em que a felicidade é maior.

– Quando você sai do jogo sem sofrer gol, o sentimento é de uma grande noite para o goleiro. Sempre que vou para o campo a minha missão é evitar o gol e quando saio do jogo sem sofrer gol é uma grande atuação individualmente. Com a vitória se torna ainda mais especial. Estou muito feliz pela vitória e depois por ter contribuído de alguma forma e no momento importante da partida fazer algumas defesas e poder ajudar a Seleção – acrescentou.

Embalada, Argentina bate a Venezuela e continua invicta nas Eliminatórias

Publicidade

Agora, o Brasil tem um clássico pela frente. Neste domingo, a Seleção Brasileira encara a Argentina, na Neo Química Arena, em São Paulo.

– Apesar do jogo ser na nossa casa, sabemos da qualidade da Argentina. Acredito que vai ser um jogo bem disputado, bem aberto. Vamos descansar bem, recuperar todo mundo e ver o que Tite vai fazer nestes dois dias de treinos. Preparar bem e entender que vai ser um grande jogo. É clássico, uma grande disputa. A gente espera fazer um bom jogo e vencer mais, porque este é o nosso objetivo – projetou o goleiro.

Comentários