Publicidade

As imagens são chocantes, exemplo de covardia. Um treinador de futebol americano, adulto, aparece em um vídeo dando socos em uma criança pelo menos duas vezes. Nas imagens, o homem zangado desfere agressivamente dois socos em uma criança. Ele também agarra o menino e o sacode enquanto outro adulto fica parado por perto. Um terceiro homem aborda a situação, mas não intervém.

O treinador, identificado como Gerrel Williams, foi investigado por abuso infantil, mas a mãe da criança decidiu não prestar queixa. As cenas ocorreram na Flórida, com um time 9U, nesta quinta-feira (10). Significa que o menino tem, no máximo, 9 anos.

O caso

O incidente aconteceu durante um jogo dos 9U Savannah Gators, no American Youth Football National Championships, em Kissimmee, na Flórida. Gerrel Williams, o técnico, postou um vídeo de desculpas no Facebook nos comentários da página. Mas lamentou apenas por ter repreendido a criança em público, conforme o site TMZ

Publicidade

“Peço desculpas por minhas ações sobre o que aconteceu hoje”, escreveu Wiliams. “No final do dia, sou um homem e não vou dar desculpas pelo que fiz. Eu estava errado. Não deveria ter disciplinado (a criança) em público. Deveria ter esperado até voltarmos. Peço desculpas a ele, às crianças, à cidade e à minha família em casa. Eu peço desculpas”, disse o treinador.

Ele afirmou ainda que se desculpou aos pais, que o teriam perdoado, de acordo com o site. No entanto, a polícia local investigou Williams por possível abuso infantil depois que o vídeo do incidente foi enviado a eles. Mas a mãe da criança “deixou claro” que não queria apresentar queixa contra o treinador.

Leia também

Cavani revela motivos de ter dito não a clubes italianos

Publicidade

Confira os brasileiros com mais hat-tricks na Champions League. Neymar lidera.