Publicidade

Vidal

Contratado pelo Barcelona por 20 milhões de euros (cerca de R$ 86 milhões), o chileno Arturo Vidal defenderá a equipe catalã pelas próximas três temporadas. Jogador do Bayern de Munique de 2015 a 2018, o apoiador chega ao Camp Nou sonhando com o troféu da Liga dos Campeões. Vidal, no entanto, não é o primeiro chileno a vestir a camisa do Barcelona muito menos o primeiro de seu país a brilhar na Europa.

O Mais Que Um Jogo preparou uma lista com alguns jogadores chilenos que fizeram bonito no Velho Continente. Confira!

Publicidade

LEIA MAIS

Que honra! Eles jogaram com Messi e Cristiano Ronaldo
Top 10: os brasileiros que já movimentaram a janela de transferências
Ronaldinho, Edmílson, Malcom… veja quem o Barcelona foi buscar na França
Brasileiros dominam lista de transferências mais caras da Premier League

Alexis Sánchez

O atacante iniciou sua carreira no Cobreloa, do Chile, em 2005 e três anos depois fez sua estreia na Europa vestindo a camisa da Udinese, da Itália. Em 2011 foi anunciado pelo Barcelona, onde ficou até 2014, jogando ao lado de Messi e Neymar. Também teve boa passagem pelo Arsenal e agora defende o Manchester United, ambos da Inglaterra.

Publicidade

Alexis Sánchez

Claudio Bravo

Revelado pelo Colo-Colo, Claudio Bravo desembarcou na Europa para jogar pelo Real Sociedad, em 2010. Mas foi no Barcelona que ganhou destaque. O goleiro chegou no time de Messi em 2014 e dividiu a titularidade com Ter Stegen. Em 2015 alcançou a marca de 197 jogos no Campeonato Espanhol e se tornou o chileno com mais partidas na competição, superando Iván Zamorano. Fez parte do elenco que faturou a Liga dos Campeões, mas não foi considerado campeão pelo regulamento da UEFA por não ter entrado em nenhuma partida da competição.

Claudio Bravo

Iván Zamorano

Publicidade

Considerado um dos maiores jogadores chilenos de todos os tempos, Zamorano chegou ao Real Madrid em 1992 após passagens por Bologna, da Itália, St. Gallen, da Suíça, e Sevilla, da Espanha. No time merengue, conquistou seus primeiros títulos europeus: a Copa do Rei e a Supercopa da Espanha, em 1993, e o Campeonato Espanhol, em 1995. Em 1996, transferiu-se para a Inter de Milão, onde conquistou a Copa da UEFA, em 1998.

Ivan Zamorano

Luis Jiménez

Com rápidas passagens por Ternana, Fiorentina e Lazio, Jiménez chegou a Inter de Milão em 2007. Com um gol de pênalti, ajudou a equipe italiana na conquista da Supercopa da Itália naquela temporada. Em 2008, porém, pouco jogou devido a uma lesão e acabou negociado com o West Ham em 2009.

Publicidade

Luis Jimenez

Marcelo Salas

Parceiro de Iván Zamorano no ataque da seleção chilena, Salas começou sua carreira profissional no Universidad de Chile e passou pelo River Plate, da Argentina, antes de se aventurar na Europa. Chegou a Lazio em 1998 e conquistou cinco títulos até 2001: Campeonato Italiano, Supercopa da Itália (duas vezes), Recopa Europeia e Supercopa Europeia. Em 2001 passou a defender a Juventus, onde também conquistou dois títulos italianos e mais uma Supercopa da Itália.

Marcelo Salas

David Pizarro

Publicidade

O apoiador jogou 16 temporadas na Europa. Com apenas 19 anos, Pizarro chegou na Udinese e ficou no clube italiano até 2005. quando se transferiu para Inter de Milão e conquistou o Campeonato Italiano, a Copa Itália e a Supercopa. Em 2006 foi contratado pela Roma e conquistou Copas da Itália e a Supercopa 2007. Ainda ganhou a Premier League em 2012, pelo Manchester City, e finalizou sua passagem pela Europa na Fiorentina.

David Pizarro