Publicidade

Foi um jogo de ataque contra defesa. Mas o talento do Liverpool levou a melhor sobre a marcação do Villarreal no primeiro jogo das semifinais da Champions League. Jogando em Anfield o time inglês conseguiu um triunfo por 2 a 0 e ficou mais peto da finalíssima.

Mané desloca o goleiro Rulli (Foto: Uefa)

Com o resultado o Liverpool pode até mesmo perder por um gol de diferença no duelo de volta, na próxima terça-feira, na Espanha, que mesmo assim vai avançar. O Villarreal tem que ganhar por dois ou mais gols de vantagem para forçar a prorrogação. Vale lembrar que os gols como visitante deixaram de servir como critério de desempate.

Quem avançar vai fazer a grande final com o vitorioso de Real Madrid x Manchester City, jogo que acontecerá na quarta-feira na Espanha. Os ingleses ganharam na ida por 4 a 3.

Liverpool teve trabalho com marcação

Talento de Salah ajudou o Liverpool (Foto: Uefa)

Publicidade

Como já era esperado, o Liverpool tomou a iniciativa do confronto e tentava furar um bloqueio defensivo muito intenso por parte do Villarreal. Uma cabeçada de Mané para fora e um chute de Luis Díaz defendido pelo goleiro Rulli já tinham movimentado o confronto com menos de 15 minutos.

Mas a dificuldade de penetração do Liverpool era enorme. O Villarreal marcava atrás da linha da bola. Mas mesmo assim os ingleses arrumavam espaço. Aos 26 minutos Salah mandou para fora, após chute colocado. Três minutos depois Luis Díaz voltou a exigir do goleiro em chute cruzado.

Liverpool sempre foi bem marcado. Mas conseguiu seus gols (Foto: Uefa)

No último lance de perigo dos ingleses na etapa inicial, Thiago acertou a trave em chute de fora da área aos 41 minutos.

Liverpool voltou para furar Villarreal

Henderson participou do gol que abriu o placar. Assim foi fundamental (Foto: Uefa)

Publicidade

Mas a pressão do Liverpool deu resultado mesmo no segundo tempo. Aos quatro minutos, após cobrança de escanteio, Van Dijk ajeitou de cabeça e Fabinho mandou para o fundo da rede. Mas o hoalndês estava impedido na hora do passe.

Relacionadas

Frenkie de Jong
Manchester City x Real Madrid pela Champions League
Haller Benfica Ajax

Apesar disso o Liverpool seguiu pressionando e abriu o placar aos oito minutos em um duro golpe para o Villarreal. Henderson cruzou, a bola desviou em Estupiñán e enganou o goleiro Rulli, que ainda deu um tapinha na bola antes dela entrar.

O gol contra abalou os espanhóis e o Liverpool ampliou dois minutos depois. Salah deu um toque de gênio e deixou Mané na cara do gol para mandar para o fundo da rede. Ele se igualou a Drogba como o africano com mais gols na história da Champions League.

Publicidade

No restante do jogo o Liverpool seguiu pressionando. Mas com menos intensidade. Além disso o Villarreal não quis se expor. Assim o confronto ficou menos emocionante. Entretanto semana que vem tem mais.

FICHA TÉCNICA
LIVERPOOL-ING 2 X 0 VILLARREAL-ESP

Local: Estádio Anfield, em Liverpool (Inglaterra)
Data: 27 de abril de 2022 (Quarta-feira)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Szymon Marciniak (Polônia)
Assistentes: Pawel Sokolnicki (Polônia) e Tomasz Listkiewicz (Polônia)
VAR: Tomasz Kwiatkowski (Polônia)
Cartões amarelos: Van Dijk (Liverpool) e Estupiñán, Lo Celso (Villarreal)
Gols:
LIVERPOOL: Estupiñán, contra, aos 8 e Mané aos 10 minutos do 2º Tempo

Publicidade

LIVERPOOL: Alisson, Alexander-Arnold (Joe Gomez), Konaté, Van Dijk e Robertson; Fabinho, Henderson (Keita) e Thiago Alcântara; Luis Díaz (Origi), Mané (Diogo Jota) e Salah
Técnico: Jürgen Klopp
VILLARREAL: Rulli, Foyth, Albiol, Pau Torres e Estupiñán (Trigueros); Parejo (Aurier), Capoue, Chukwueze (Boulaye Dia) e Coquelin (Pedraza); Lo Celso e Danjuma (Alcácer)
Técnico: Unai Emery

Comentários