Publicidade

O Chelsea até deu o primeiro passo, mas retirou o time de campo e desistiu de Erling Haaland. O motivo? Um caminhão de dinheiro. Segundo o “Bild”, da Alemanha, o clube inglês se assustou ao procurar o empresário do centroavante, Mino Raiola.

A negociação, então, não passou da fase inicial. O clube inglês procurou Raiola. Os valores colocados na mesa pelo empresário fizeram o Chelsea recuar. O pedido era de um salário de 50 milhões de euros (R$ 308,3 milhões) por temporada. A comissão? A “bagatela” de 40 milhões de euros (R$ 246,6 milhões).

Haaland Borussia Dortmund Chelsea Chelsea tirou o time de campo por Haaland | Foto: Imago Images

Ao saber destes valores, o Chelsea recuou e desistiu de tentar a contratação. Ainda seria necessário dobrar o Borussia Dortmund. A operação total, com a comissão pedida por Raiola, fatalmente passaria da casa dos 200 milhões de euros (R$ 1,2 bilhão).

Relacionadas

Mbappé PSG
Cristiano Ronaldo Juventus
Harry Kane Tottenham

Publicidade

Sem Haaland, o Chelsea buscou um velho conhecido. O clube inglês tirou Lukaku da Inter de Milão por 115 milhões de euros (R$ 709,1 milhões). O centroavante belga já havia defendido o Chelsea.

Chegou o atacante! Atlético de Madrid anuncia brasileiro campeão olímpico

Já o centroavante norueguês continua no Borussia Dortmund. Entretanto, a expectativa sobre o futuro dele vai aumentar a partir de setembro. É que no mês que vem o valor para contratá-lo, para a próxima temporada, cai para 75 milhões de euros (R$ 462,4 milhões), segundo a imprensa europeia.

Comentários