Publicidade

Atual campeão da Champions League, o Chelsea tem um problema a lidar. Trata-se de um “efeito colateral” do retorno de Lukaku ao clube. Como o centroavante belga é titular indiscutível, Timo Werner vai ficando sem o espaço que gostaria. Segundo o “Telegraph”, ele pode pedir para ser negociado em janeiro.

O técnico Thomas Tuchel tenta contornar a situação. Uma possibilidade é utilizá-lo pelo lado esquerdo, função que já desempenhou na época de Leipzig. Entretanto, por enquanto, Werner não está empolgado com a opção. Ele deseja ter mais protagonismo, sobretudo para não perder espaço também na seleção da Alemanha.

Timo Werner Chelsea Timo Werner perdeu espaço no Chelsea | Foto: Catherine Ivill/Getty Images

Na derrota para a Juventus, pela Champions League, Thomas Tuchel fez cinco substituições e não utilizou Timo Werner. Nesta temporada, o atacante alemão, de 25 anos, soma 364 minutos em campo – foi titular em quatro oportunidades.

Relacionadas

Haaland Borussia Dortmund
Darwin Núñez Benfica Barcelona Champions League
Koeman Barcelona

Publicidade

Timo Werner chegou ao Chelsea na última temporada cercado de expectativa, após anos consistentes pelo Leipzig. Entretanto, ele tem convivido com críticas na Inglaterra. Fez 12 gols e distribuiu 11 assistências em 52 jogos na última temporada. O Chelsea, então, resolveu abrir os cofres para ter Lukaku como homem-gol.

Suárez revela frustração e incômodo de Messi com reviravolta no Barcelona

Werner tem mercado. Inclusive, ele já apareceu no noticiário do Bayern de Munique. Se Tuchel não conseguir contornar a situação, o atacante pode movimentar o mercado da bola de janeiro.

Comentários