Publicidade

Neymar mostrou que a final do ano passado ainda estava entalada na sua garganta. Mas o brasileiro estava engasgado mesmo com as palavras de Kimmich. O meia do Bayern de Munique disse antes do jogo desta terça-feira que o seu time era melhor que o PSG e por isso avançaria para as semifinais da Champions League. O atual campeão até ganhou por 1 a 0 na França, mas acabou eliminado por conta do gol qualificado como visita. Na ida o PSG fez 3 a 2 na Alemanha. Após o apito final nesta terça-feira Neymar claramente provocou Kimmich.

Kimmich teve trabalho com Neymar e Mbappé (Foto: Imago)

O brasileiro correu para abraçar o companheiro Paredes, jogador do PSG que estava mais perto de Kimmich assim que o árbitro apitou o fim do jogo. Outros jogadores do PSG também vibraram na frente do atleta rival.

– Não foi uma provocação. Quis o destino que fosse na frente dele. Você pode cantar uma mulher a noite inteira, mas ai vem outro e leva em cinco minutos. Essa é a posse de bola do Bayern – brincou Neymar em entrevista à “TNT”.

Publicidade

LEIA MAIS! Assédio de Messi a Neymar deve render ações e protestos no PSG

As declarações de Kimmich não foram comentadas publicamente pelo PSG antes do jogo. Mas foram recebidas como um grande desrespeito por parte dos atletas do time francês.

Neymar perdeu muitas chances

Neymar tenta deslocar Neuer, mas acerta a trave (Foto: Imago)

Em campo Neymar deu muito trabalho ao goleiro Neuer, mas não conseguiu balançar as redes. O brasileiro teve cinco chances de marcar. Aos 27 minutos do primeiro tempo, Mbappé invadiu a área e rolou para Neymar. O brasileiro chutou e Neuer fez uma defesa milagrosa. O arqueiro alemão voltaria a atrapalhar os planos de Neymar aos 33 minutos, em chute cruzado defendido em dois tempos.

Publicidade

LEIA MAIS! Barcelona prepara oferta por Agüero, mas tem concorrência da Juventus

Aos 36 minutos Neymar fez uma grande jogada, se livrou de dois e deu um toque que surpreendeu Neuer. Mas a bola caprichosamente tocou no travessão. Três minutos depois o brasileiro foi lançado por Mbappé, tirou Neuer do lance, mas voltou a acertar a trave. No segundo tempo ele ainda não alcançou a bola após chute cruzado de Di Maria.

Neymar vibra com Paredes após a eliminação do Bayern (Foto: Uefa)

Na Champions League o PSG vai enfrentar o vencedor do embate entre Borussia Dortmund e Manchester City, que duelam nesta quarta-feira na Alemanha. Na ida os ingleses ganharam por 2 a 1. Assim tem a vantagem do empate. Já pelo Campeonato Francês, recebe no domingo o Saint-Étienne. O time de Neymar é o vice-líder com 66 pontos, três a menos que o Lille.