Publicidade

Thiago Silva, depois de oito temporadas, deixou o PSG e assinou com Chelsea. O clube francês não quis ampliar o vínculo do zagueiro brasileiro, mas mudou de ideia e buscou uma aproximação com o jogador. Porém, Thiago Silva já havia dado a palavra para o clube inglês.

Thiago Silva Thiago Silva já se consolidou no Chelsea | Foto: Reprodução

O brasileiro explicou que Leonardo, dirigente do PSG, conversou com ele e declarou que o zagueiro não fazia parte dos planos do clube. Porém, depois da Champions League, o próprio Leonardo procurou o atleta.

LEIA MAIS! Neymar não joga mais em 2020 e PSG projeta volta em clássico

Publicidade

“Leonardo me chamou e me disse que eu não era parte do projeto do clube. Disse que podia ir embora. Depois da final da Champions League, ele me chamou e perguntou se eu havia assinado com outro clube. Eu disse que não, mas que havia dado minha palavra ao Chelsea. Para mim, a palavra é o mais importante. Não se pode mudar de opinião assim e creio que fizeram isso depois da final da Champions League porque demonstrei minha qualidade”, declarou Thiago Silva, ao “Canal Football Club”.

A tristeza de Thiago Silva com PSG

A situação incomodou Thiago Silva, com longo tempo de casa e serviços prestados ao PSG. Para o brasileiro, a avaliação deveria ser de toda a trajetória dele e não apenas da reta final da temporada.

LEIA MAIS! Eliminação do PSG na Champions League coloca Mbappé no Real Madrid

Publicidade

“O que me entristece é que estive no PSG por oito anos e fui julgado pelas três últimas partidas. Tudo que fiz antes não importava. Para mim é triste tomar uma decisão assim, mas é o futebol. Tenho de olhar para frente e continuar a trabalhar para o Chelsea”, encerrou o zagueiro brasileiro.