Publicidade

A insatisfação de Cristiano Ronaldo ao ser substituído ainda rende no Manchester United. Contra o Brentford, CR7 não escondeu o descontentamento ao ser sacado do jogo no segundo tempo. O técnico Ralf Rangnick voltou a falar sobre o assunto, nesta sexta-feira.

Rangnick buscou amenizar a polêmica, mas também tratou de dar um recado: a equipe sempre em primeiro lugar.

Cristiano Ronaldo Manchester United Cristiano Ronaldo não gostou de sair | Foto: Ian MacNicol/Getty Images

– Não devemos fazer muito barulho com isso. Expliquei a Ronaldo durante o jogo. Disse para ele que o trabalho do treinador é ajudar a equipe a vencer. Estivemos melhor. A única questão foi quem deveria sair. Ele me perguntou por que é que o escolhi e não um dos jogadores mais jovens. O futebol obriga tomar uma decisão no momento certo. Não foi a primeira vez que ele foi substituído na sua carreira. Um jogador como Cristiano Ronaldo não gosta de ser substituído. A sua reação foi emocional. Isso não é problema. Sei como os jogadores de ataque reagem a isto, mas é também uma questão de pontos. Todos os jogadores têm grande importância. A equipe é mais importante do que qualquer um – declarou Rangnick.

Relacionadas

Rangnick Cristiano Ronaldo Manchester United
Haaland
Simeone Atlético de Madrid
Dembélé Barcelona

Publicidade

Além de Cristiano Ronaldo, outro nome importante do elenco do Manchester United também ficou insatisfeito ao sair, apontou Rangnick.

MAIS! Oscar aponta interesse do Barcelona em contratá-lo

– Bruno Fernandes foi substituído e não estava satisfeito, mas o que importa são os interesses da equipe e do clube – concluiu.

Publicidade

LEIA MAIS! Tottenham prepara fortuna e quer zagueiro brasileiro

O Manchester United volta a campo neste sábado – enfrenta o West Ham – e as atenções, mais uma vez, estarão voltadas para Cristiano Ronaldo. Rangnick vai substituir o craque de novo?

Comentários