Publicidade

Técnico do Leipzig, Jesse Marsch não gostou nada da atuação do árbitro sueco Andreas Ekberg no duelo com PSG, pela Champions League. O comandante do clube alemão reclamou de falta de critério e de proteção a Neymar.

– Fiquei muito bravo com o árbitro e suas decisões. Por diversas vezes, era como se quisesse o autógrafo de Neymar marcado no seu cartão amarelo – declarou Marsch, que levou cartão amarelo no jogo, por reclamação.

Neymar Leipzig PSG Champions League Neymar no duelo com Leipzig | Foto: Uefa

Com o empate por 2 a 2 com o PSG, na Alemanha, o Leipzig não tem mais chances de classificação para as oitavas de final da Champions League.

Relacionadas

Adeyemi Salzburg
Haaland
Xavi Al-Sadd

Publicidade

– Jogamos bem desde o início, marcando logo no começo. Mas, ao perder o pênalti, mudou a situação, e o PSG voltou. Para nós, não é fácil agora porque temos de lutar juntos e talvez seja uma oportunidade de fazer disso uma força a mais. Fomos melhores que o PSG, mas infelizmente só conquistamos um ponto – acrescentou o técnico do Leipzig.

MAIS! Lyon mantém 100% e garante vaga no mata-mata da Liga Europa

Após um bom começo, em que fez 1 a 0 perdeu pênalti, o Leipzig levou a virada do PSG. Na reta final do jogo, chegou ao empate, em nova penalidade. O resultado, porém, foi amargo e sacramentou o fim do sonho de avançar na Champions League.

Comentários