Publicidade

Uma garrafa de vinho de Porto gerou um desentendimento à distância entre dois treinadores nas Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2022, que acontecerá no Catar. Os dois envolvidos são o técnico do Portugal, Fernando Santos, e Gianni De Biasi, comandante do Azerbaijão. As duas equipes duelaram na terça-feira em Baku e o duelo terminou com triunfo português por 3 a 0.

Antes da partida o treinador do Azerbaijão disse aos jornalistas que Fernando Santos estava lhe devendo uma garrafa de vinho do Porto. Na verdade foi uma brincadeira do treinador porque quando ele dirigia a Albânia, sua seleção derrotou Portugal e gerou a demissão de Paulo Bento. Após a queda dele a Federação Portuguesa optou por Fernando Santos.

Fernando Santos Fernando Santos dirige Portugal (Foto: Imago Images)

Com Fernando Santos no comando a seleção portuguesa conquistou a Eurocopa de 2016 batendo a França na grande final.

Publicidade

– Gostaria de lembrar que Fernando Santos ainda me deve uma garrafa de vinho do Porto porque se tornou técnico de Portugal graças a mim e, dois anos depois, foi campeão europeu – disse ele em coletiva antes do jogo.

MAIS! Real Madrid prepara bote por zagueiro do Chelsea

Fernando Santos abordou o assunto após a partida e negou a dívida.

Publicidade

– Ele já me tinha dito a mesma coisa. Não lhe devo nada, que eu saiba. Mas se ele está muito interessado numa garrafa de vinho do Porto, qualquer dia mando para o Biasi, não tem problema – disse Fernando Santos à “RTP”.

Relacionadas

Denis Zakaria
Griezmann França x Finlândia

Comentários