Publicidade

O Manchester United oficializou, na manhã deste domingo, a demissão de Ole Gunnar Solskjaer do comando técnico dos red devils. A dispensa acontece poucas horas depois do time de Old Trafford sofrer uma goleada em Vicarage Road, casa do Watford, por 4-1. Solskjaer não resistiu a esse novo vexame e a situação ficou insustentável.

Solskjaer Manchester United Solskjaer não é mais técnico do Manchester United | Foto: Alex Pantling/Getty Images

Relacionadas

Marcelo Moreno corre para festejar o segundo gol da Bolívia - Foto: Javier Mamani/Getty Images
Gol do Barcelona e vitória de Xavi na estreia. De bom tamanho - Foto: Alex Caparros/Getty Images

Assim, o técnico norueguês. que chegou ao clube em dezembro de 2018 e tinha contrato até 2024, sai pelos fundos de Old Trafford. Alvo de muitas críticas e problemas com o elenco permearam os últimos dias de Solskjaer no Manchester United. Sobretudo porque o clube possui um elenco de peso, com destaque para Cristiano Ronaldo.

Leia também

Haaland no Real Madrid tem uma pedra no sapato direto da França. Entenda!

Publicidade

Fim da linha para Agüero, que se aposenta em razão de problemas cardíacos

Mas ele não sai de mãos abanando. De acordo com a imprensa inglesa, Solskjaer vai receber indenização em torno de nove milhões de euros. Em moeda atualizada, daria cerca de R$ 57 milhões.

O nome de Zinedine Zidane vinha sendo uma sombra para Solskjaer. No entanto, o Manchester United ainda não tem um novo treinador, embora o “Manchester Evening News” sugira outros três possíveis substitutos: Erik ten Hag (Ajax), Luis Enrique (técnico da Espanha) e Brendan Rodgers (Leicester). Entretanto, no momento Michael Carrick assumirá o cargo de treinador interino.

Comentários