Publicidade

O lateral-esquerdo Sergio Reguilón foi cedido pelo Real Madrid para o Tottenham da Inglaterra em uma negociação que deixou a mídia intrigada. Em uma posição considerada carente no clube merengue. Marcelo, por exemplo, tem ficado no banco de reservas por Zinedine Zidane. Na seleção espanhola Reguilón tem conversado com jornalistas e deixou claro que a sua permanência no Real Madrid não foi cogitada. Mas não por vontade própria.

Sergio Reguilón jogava no Real Madrid (Foto: Divulgação)

Segundo Reguilón não existe nenhum sentimento ruim dele em relação ao Real Madrid. Além disso o jogador não quis entrar em uma zona de atrito com Zinedine Zidane, treinador do Real Madrid. Entretanto ele deixou claro que não desejava sair.

– Não estou no Real Madrid por uma decisão que não passou por mim. Estou com a minga consciência tranquila. Mas quero muito bem ao Real Madrid, pois foi um clube que me deu de tudo – disse ele.

Leia também

Publicidade

Flamengo demite Domènec após goleada para o Atlético Mineiro
Inter não desistiu de Kanté, mas a disputa vai ser difícil

O lateral disse nunca ter conversado com Zidane sobre seu não aproveitamento.

– Não conversei com Zidane – disse.

Reguilón elogiou Mourinho

Publicidade

Reguilón, entretanto, deixou claro que está muito satisfeito no Tottenham.

– Já era fã dele. Mas posso dizer que me surpreendeu para o bem. É um técnico acima da média – disse ele.

O lateral-esquerdo do Tottenham está defendendo a seleção espanhola que se prepara para a disputa de amistoso com a Holanda nesta quarta-feira. Além disso vai servir à Fúria na Liga das Nações da Europa.