Publicidade

O Barcelona está à procura de técnico e precisa resolver a rescisão de Ronald Koeman, demitido. O holandês não pretende facilitar. Segundo a “Catalunya Ràdio”, Koeman não vai dar desconto em relação à multa rescisória.

A indenização firmada em contrato é de 12 milhões de euros (R$ 78,8 milhões). O Barcelona ofereceu algo entre 7 milhões de euros (R$ 45,9 milhões) a 8 milhões de euros (R$ 52,5 milhões). Entretanto, Koeman não deseja dar desconto algum. Quer o valor cheio.

Koeman Barcelona Koeman não alivia o Barcelona | Foto: Denis Doyle/Getty Images

O Barcelona, assim, fica de mãos atadas. Se não conseguir dobrar o técnico, vai precisar pagar os 12 milhões de euros. O clube espanhol, embora sinalize avanços, ainda vive uma grave crise financeira.

Relacionadas

Messi Barcelona
Vinicius Júnior Real Madrid
Haaland Dortmund

Publicidade

Além de resolver a situação de Koeman, o Barcelona precisa contratar o substituto. O principal cotado é o ídolo Xavi Hernández, que comanda o Al-Sadd, do Qatar. Segundo a imprensa espanhola, há um acordo entre o clube e o treinador. Falta a liberação do Al-Sadd.

MAIS! Novo rico da Premier League quer tirar craque do Real Madrid

Presidente do Barcelona, Joan Laporta vai ter de viajar a Doha. É que o Al-Sadd exige tratar pessoalmente com o principal dirigente espanhol. Não aceita intermediários ou cartolas secundários.

Comentários