Publicidade

Conquistar quatro pontos nos dois jogos restantes do ano e garantir vaga no Mundial do Catar. É com este pensamento que a Seleção Brasileira entra em campo nesta quinta-feira para medir forças com a Colômbia pelas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022. As duas equipes duelam na Neo Quimica Arena, em São Paulo (SP), às 21h30 (de Brasília). O Brasil lidera a competição com folga. São 31 pontos, seis a mais que a segunda colocada Argentina.

Se fizer quatro pontos diante da Colômbia e dos argentinos, no duelo de terça-feira, o Brasil sela a vaga matematicamente. Embora a atual pontuação já tenha praticamente garantido o time do técnico Tite no torneio do Catar.

Jogo contra o Uruguai pode ter sido o início de uma nova dupla na Seleção Brasileira de Tite - Foto: CBF Seleção Brasileira mira a vaga contra Colômbia (Foto: CBF)

Apesar disso a ordem é buscar esses pontos. Mas Tite espera problemas contra a Colômbia.

Publicidade

– Vai ser um jogo complicado. Esta geração do futebol colombiano é muito boa e tem uma ideia de jogo de qualidade e de confronto. Assim exige muito dos seus rivais. Vai ser muito difícil. Mas o trabalho está sendo feito no sentido de ganharmos – disse Tite.

MAIS! Copa do Mundo é logo ali… saiba quem pode se classificar em novembro

A grande expectativa gira em torno do trio ofensivo composto por Raphinha, Gabriel Jesus e Neymar. Eles brilharam na goleada de 4 a 1 sobre o Uruguai na rodada passada. Mas Tite promove trocas em relação outros setores. Ele promoveu os retornos do goleiro Alisson, do lateral Danilo e do zagueiro Marquinhos. Todos reservas diante da Celeste. Casemiro, recuperado de problemas dentários, reaparece como primeiro volante.

Colômbia chega cheia de desfalques. Mas com James

James quer levar Colômbia ao Mundial (Foto: Conmebol)

Pelo lado da Colômbia a situação ainda não é tranquila. Com 16 pontos o time fecha a zona de classificação. Mas pode perder o posto se não conseguir pontuar. Além disso a seleção visitante vive um drama em seu setor defensivo. Isso porque Reinaldo Rueda perdeu por lesão os zagueiros Yerry Mina e Carlos Cuesta, dupla dos últimos três jogos, em que a Colômbia não sofreu nenhum gol, além do lateral Stefan Medina e do zagueiro Óscar Murillo. Assim o treinador terá que reconstruir o setor. Além disso não tem o artilheiro Falcao García, também lesionado.

Publicidade

Apesar disso a grande estrela da seleção está de volta. Rueda voltou a convocar James Rodríguez. Ele ehavia ficado de fora dos últimos jogos por decisão da comissão técnica. Mas a pressão foi grande e ele reaparece.

Relacionadas

Solskjaer e Cristiano Ronaldo: as caras do fiasco histórico em Old Trafford - Foto: Alex Pantling/Getty Images
Cristiano Ronaldo Solskjaer Manchester United

Apesar dos desfalques os colombianos se animam em conseguir um triunfo.

– Nós temos um time comprometido e que acredita na possibilidade de vencer o Brasil em casa – disse o atacante Luis Fernando Muriel.

Publicidade

A Colômbia foi o único adversário que a Seleção Brasileira não venceu nestas Eliminatórias, lembrando que o jogo contra a Argentina não aconteceu. Diante dos colombianos o Brasil ficou no empate sem gols fora de casa.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X COLÔMBIA

Local: Neo Quimica Arena, em São Paulo (SP)
Data: 11 de novembro de 2021 (Qinta-feira)
Hora: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Roberto Tobar (Chile)
Assistentes: Christian Schiemann (Chile) e Cláudio Ríos (Chile)
VAR: Germán Delfino (Argentina)

Publicidade

BRASIL: Alisson, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Fred e Lucas Paquetá; Raphinha, Gabriel Jesus e Neymar
Técnico: Tite
COLÔMBIA: David Ospina, Dávinson Sánchez, Yéimar Gómez, William Tesillo e Johan Mojica; Gustavo Cuéllar, Wilmar Barrios, James Rodríguez e Juan Cuadrado; Luis Fernando Muriel e Rafael Borré
Técnico: Reinaldo Rueda

Comentários